24Horas Esportes RMC 

No tiebreak, Vôlei Brasil Kirin é superado na estreia da temporada


Foi no detalhe. No primeiro jogo da temporada, numa verdadeira batalha, o Vôlei Brasil Kirin acabou superado pelo Sesi-SP, por 3 a 2 (25/15; 20/25; 23/25; 25/20 e 17/15), no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, na semifinal da Copa São Paulo. Os comandados do técnico Horacio Dileo agora focam as atenções na disputa do Campeonato Paulista, que começa no final do mês.

“Foi um grande duelo. Sabíamos que seria complicado. Jogos assim são decididos em pequenos detalhes. Em algumas situações, nos comportamos diferente dos treinamentos, especialmente no tiebreak, quando deveríamos ter tido mais paciência para rodar a bola. Agora é dar sequência e seguir trabalhando”, comentou o técnico Horacio Dileo.

O JOGO – Atuando pela primeira vez na temporada, o Vôlei Brasil Kirin encontrou dificuldades no primeiro set e não conseguiu fazer seu jogo. Correndo atrás do marcador durante toda parcial, o time campineiro mostrou poder de ataque com Diogo, autor de quatro pontos, mas saiu atrás no marcador: 25 a 15 para Sesi-SP no primeiro set.

O Vôlei Brasil Kirin acordou na segunda parcial e em grande passagem do levantador Rodriguinho pelo saque, com direito a ace, abriu 3 a 0 logo de cara. O bloqueio apareceu e o time campineiro foi para a primeira parada técnica na frente (8 a 5). Com Diogo inspirado, os visitantes seguiram crescendo e comandando o placar (16 a 13).  Após erro de ataque do adversário, os comandados de Dileo fecharam o segundo set: 25 a 20.

 

No terceiro set, o Vôlei Brasil Kirin mostrou toda sua consistência defensiva. O time campineiro foi atrás para a primeira parada técnica (8 a 5) e teve que se superar. Depois de dois contra-ataques de Diogo e bloqueio de Matheus, os campineiros deixaram tudo igual (8 a 8). Horacio Dileo foi obrigado a pedir tempo, após os donos da casa se desgarrarem no placar (14 a 11). A equipe de Campinas foi gigante na defesa, se recuperou e voltou a empatar (16 a 16).

Ygor Ceará encaixou boa sequência no saque e o Vôlei Brasil Kirin abriu frente contando com erros seguidos do adversário (20 a 17). Com a vantagem, o time campineiro não teve problemas para virar a partida, fechando o terceiro set: 25 a 23. A parcial seguinte foi marcada pelo equilíbrio. Vini mostrou sua especialidade no saque e os visitantes começaram na frente (8 a 6). Logo, porém, os donos da casa empataram e equilíbrio predominou.

 

No momento final da quarta parcial, o time campineiro teve uma sequência de dois erros seguidos, permitindo que o adversário abrisse vantagem (20 a 17). O Sesi-SP aproveitou e forçou o tiebreak, fechando o quarto set: 25 a 20.

No set final, o Vôlei Brasil Kirin mostrou bloqueio afiado com duas pregadas consecutivas de Vini. O paredão campineiro ajudou o time visitante a trocar de lado na frente (8 a 4). Os paulistanos também foram bem no block e conseguiram empatar a parcial, deixando a decisão emocionante. No final, em belo saque de Aracaju, os donos da casa levaram o jogo: 17 a 15.

VÔLEI BRASIL KIRIN
Rodriguinho, Rivaldo, Ygor Ceará, Diogo, Matheus, Vini e Tiago Brendle (líbero). Técnico – Horacio Dileo
Entraram:  Jotinha, Bruno Temponi e Willian

Comentários

Leia também...