24Horas Esportes 

Morre Di Stefano, ídolo do Real Madrid e craque do mundo nos anos 1950

Créditos: Reprodução

Morreu nesta segunda-feira, aos 84 anos, o grande craque Di Stefano, argentino que brilhou no Real Madrid e foi considerado por muitos como o maior jogador do mundo até o surgimento de Pelé.

Alfredo Di Stefano foi pentacampeão europeu pelo Real Madrid e fez em frente à sua casa uma homenagem, em forma de bola, com os dizeres, “Gracias, vieja”, uma maneira de agradecer ao instrumento de profissão tudo de bom que conseguiu na carreira e na vida.

“Gracias, vieja” é também o título de um livro de memórias de Di Stefano, que era presidente honorário da Uefa e do Real Madrid.

CBF

Comentários

Leia também...