Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Saúde Variedades

Mitos e verdades sobre ganho de peso durante a gestação

O natural é ganhar um quilo a cada mês na gestação?

Mito Varia de cada mulher. Mas o normal é que a gestante ganhe entre 1 a 2 quilos por mês, no primeiro trimestre. Após este período, 500 gramas por semana.

 

A mulher engorda mais no fim da gravidez.

Verdade. Esta questão também varia de cada mulher. Mas, no final da gestação é comum que a gestante engorde um pouco mais de 1 quilo, devido ao aumento da concentração de líquidos no corpo. Mas varia muito.

 

Engordar muito significa dizer que o bebê será grande.

Mito. O ganho de peso pode estar associado, também, a quantidade de líquido amniótico.

 

Crianças com mães obesas ou que ganharam muito peso na gestação são mais propensas a se tornarem obesas.

Verdade. Na fase adulta sim. Também é interessante lembrar que há chances da criança desenvolver: hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares e renais.

 

Se ela engordar nos primeiros meses pode fazer dieta nas 10 últimas semanas.

Mito. O recomendado é que a gestante controle os alimentos que esteja ingerindo e que ela realize seis refeições pequenas ao longo do dia. Dietas são recomendadas após a amamentação.

 

A mulher que está acima do peso e se descobre grávida não pode fazer dieta?

Verdade. Dietas não são recomendadas durante a gravidez, porque o bebê não pode ser privado de determinados nutrientes para a sua nutrição. Caso isso aconteça, ele pode sofrer desnutrição fetal. Como indicado acima, a gestante pode ganhar, no máximo, 12 quilos. As dietas são recomendadas após o desmame

 

É preciso comer por dois durante a gestação senão o bebê nasce fraquinho.

Mito. Esta é uma crença popular. A gestante deve controlar mais o que está ingerindo para que não engorde mais do que 12 quilos. Engordar é um processo natural e ela não precisa aumentar a quantidade de alimentos, comparado ao de costume. É claro que ela deve comer em horários adequados. Caso ela tenha uma vida muito ativa – como trabalho e atividades físicas – deve-se ingerir um pouco a mais de carboidratos. Assim, ela ganha mais energia. Mas não precisa comer por dois.

 

Dr. Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra – autor do livro “Gestação: mitos e verdades sob o olhar do obstetra”. Formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA) e residência médica na área de Ginecologia e Obstetrícia pela mesma instituição. Dr. Domingos Mantelli tem pós-graduação em Ultrassonografia Ginecológica e Obstétrica, e em Medicina Legal e Perícias Médicas. Site: http://domingosmantelli.com.br