Michael Schumacher tem melhora em seu quadro clínico

Michael Schumacher em Madonna Di Campiglio, em janeiro de 2006, na Itália – Alessandro Bianchi/Reuters

O ex-piloto alemão Michael Schumacher está demonstrando os primeiros sinais de consciência desde que sofreu um gravíssimo acidente enquanto esquiava, no final do ano passado. Seu estado de saúde “melhorou”, disse nesta sexta-feira Sabine Kehm, assessora do heptacampeão mundial de Fórmula 1 e porta-voz da família. Schumacher, que está internado em um hospital na França, próximo da estação de esqui onde sofreu o acidente, “mostra sinais de consciência e de estar despertando”, informou a porta-voz, na primeira informação positiva a respeito da saúde de Schumacher em várias semanas. A família se diz “confiante” na recuperação do ex-piloto.

 

Na quinta, Sabine Kehm já havia dado outra informação importante sobre a situação do piloto ao negar categoricamente que Schumacher tenha entrado em estado vegetativo, como disseram fontes não oficiais. “Só posso dizer outra vez que há sinais encorajadores”, disse a assessora. Sabine também desmentiu que a mulher de Schumacher tenha mandado construir uma sala com estrutura médica em sua mansão na Suíça, a um custo superior a 12 milhões de euros (mais de 37 milhões de reais), para recebê-lo quando ele saísse do hospital, como publicou o tabloide britânico The Sun.

“Os rumores de que Corinna reformou sua casa para levar Michael diante de um suposto quadro em que não haveria mais esperanças são absolutamente infundados.” Ela disse que a única reforma que está sendo feita na casa é para abrigar o pai do ex-piloto, Ron. Schumacher está internado no Centro Hospitalar Universitário de Grenoble, na França, desde 29 de dezembro de 2013. Em estado grave, o alemão segue em coma após ter sofrido uma grave queda enquanto esquiava na estação de Meribel.

Veja

Comentários

Notícias relacionadas