fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Santa Bárbara d´Oeste

Mesmo com volta da Zona Azul, isolamento social em Santa Bárbara d´Oeste é de apenas 43%

No estado o índice sobre para 49%

Na visão do Prefeito Denis Eduardo Andia, a volta da cobrança da Área Azul em Santa Bárbara d´Oeste, iria colaborar com o isolamento social necessário para o enfrentamento da pandemia do Coronavírus. A reportagem do SB24Horas conversou na última terça-feira (19) com o Presidente da ACISB, João Batista Rodrigues. Segundo João, o prefeito pediu a volta da cobrança entendendo que iria acontecer uma diminuição de veículos estacionados na área central da cidade, com isso, o índice de isolamento iria aumentar. A ACISB concordou de imediato com a ação e pediu a volta da cobrança pois a medida parecia ser interessante.

“Isso vai nos ajudar nesse momento em que muitas lojas estão vendendo à distância e precisando que as vagas de estacionamento estejam disponíveis para uma parada rápida. Isso facilitará a retirada dos produtos e ajudará na proteção dos nossos clientes, com menor circulação nas calçadas”, comentou o presidente da ACISB, João Batista Rodrigues quando pediu a volta da Zona Azul.

 

A decisão parece não ter surtido efeito pois as informações da central de inteligência, analisaram que os índices continuaram com a mesma porcentagem, média de 43% durante a semana.

Índice segue abaixo de 50% em Santa Bárbara d´Oeste

 

O Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo mostrou que o percentual de isolamento social em Santa Bárbara d´Oeste, continuou baixo, com apenas 43% na quarta-feira (20), data que a Zona Azul voltou a funcionar normalmente na cidade.

A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. Com isso, é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras.

O sistema é atualizado diariamente para incluir informações de municípios e pode ser acessado no site http://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/isolamento.

O SIMI-SP é viabilizado por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que o Governo de São Paulo possa consultar informações agregadas sobre deslocamento no Estado. As informações são aglutinadas e anonimizadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário. Os dados de georreferenciamento servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus.

Comentários