Maternidade de Nova Odessa faz campanha sobre a importância da amamentação


Até sexta-feira, dia 7 de agosto, quem passar pela Maternidade Municipal receberá orientações sobre a importância do aleitamento materno. A amamentação com foco na humanização será o eixo central da campanha que é realizada, todos os anos, pela Prefeitura de Nova Odessa, através da Secretaria de Saúde.

A equipe de profissionais que realizam os atendimentos das gestantes é altamente capacitada e passa por educação continuada, que melhora a humanização e qualidade dos serviços prestados na maternidade. A ideia agora é que durante toda a semana, as mães sejam orientadas sobre os benefícios do aleitamento para a prevenção de doenças e alergias, tanto para o bebê quanto aos benefícios para as mães.

A diretora de Atenção Básica, Glaucia Blumer Paulon, ressalta que as gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo) já recebem as orientações nas UBSs (Unidades Básica de Saúde) durante a gestação, já que se tratam de ações recorrentes. Inclusive, com o projeto Cegonha Legal, elas recebem orientações sobre a importância do cuidado com a saúde bucal das próprias mães e dos bebês.

De acordo com o balanço divulgado pelo IMP (Informações dos Municípios Paulistas), de 2012 para 2013, por exemplo, houve um aumento no número de mães que tiveram sete ou mais consultas de pré-natal, passando de 80,51% para 84,36%. “O crescimento, apesar de tímido, significa que as gestantes estão mais preocupadas com a saúde delas e dos bebês”, comenta a administradora hospitalar Adriana Cristina Welsch Ferraz.

O número de crianças nascidas em Nova Odessa subiu 17%. Foram registrados, em 2014, 359 nascimentos para 306 partos no ano anterior. Já neste ano, houve uma queda no número de nascimentos se comparados os períodos de janeiro a julho: foram 133 nascimentos contra 183 nascidos vivos em 2014.

A Semana Municipal do Aleitamento Materno faz parte do calendário oficial do município e ocorre anualmente no mês de agosto.

 

SAIBA MAIS – As crianças que nascem em Nova Odessa recebem vitamina K, nitrato de prata e as vacinas de Hepatite B e BCG, logo ao nascer. Vinte e quatro horas após o nascimento, realizam o teste do coraçãozinho e teste do reflexo vermelho (teste do olhinho). Além disso, os bebês já saem com testes como o do pezinho, da orelhinha e da linguinha agendados.

 

Foto: Osnei Restio

Comentários

Notícias relacionadas