fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Social

Marmitas temperadas de amor ao próximo

O papo é sobre comida sim, mas para quem mais precisa

Quando uma seguidora chamou a marmiteira Thai Barde – proprietária da linha de marmitas saudáveis ThaiFit – em sua conta pessoal do Instagram e contou sua história, ela não poderia não se envolver. O papo é sobre uma ONG, que realiza doação de cestas básicas em uma comunidade no bairro do Méier, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Amanda Marques – criadora da Doa Ação – sonha alto com uma expansão do projeto, que hoje acontece de dentro da própria casa. Ela realiza eventos sociais desde a adolescência, e em sua maioria, sempre voltados para as crianças.

“Eu via meus amigos numa situação financeira difícil, eu não estava muito melhor, de qualquer forma isso não foi desculpa para não tentar ajudar o pessoal. O trabalho da ONG já tem seis anos. Com a pandemia, aumentamos o “tamanho” das doações para a distribuição de quentinhas para moradores de rua.”

Além dos mantimentos nas cestas básicas, em datas comemorativas,  também é realizada a doação de brinquedos.

Ela explica também que a proposta das doações é simples: A cada duas semanas, 10 famílias são beneficiadas com as cestas básicas. Às vezes, algumas delas se repetem dependendo do tamanho da necessidade, mas isso não é tão comum.

“Como eu sou bastante conhecida e atenta na comunidade, eu sei exatamente quais famílias estão precisando do que no momento. Algumas pessoas falam comigo pelas redes sociais, mas eu faço questão de pegar todos os dados e xeretar tudo. Já existiram alguns casos de famílias que mentiram e não estavam na situação que diziam estar para ganhar as cestas, ou de famílias que não estão na linha de prioridade.”

Ela também conta como Thai Barde é uma colaboradora chave na realização dessas doações; Além de doar alimentos para a montagem das cestas, também ajuda nas rifas com kits de marmitas fit.

“A Thai Fit me ajuda pra caramba, uma verdadeira parceira. Nossa distribuição de cestas básicas são quinzenais, e a Thai sempre me ajuda com material. Pra comprar os mantimentos das cestas eu faço rifas, mas nem sempre acontece do valor ser o suficiente, ou as vezes eu não consigo vender a rifa inteira. Sempre  que falta alguma coisa, a Thai cobre. Quando não é com comida, é com doações de marmitas fit como prêmio das rifas.”

Thai também é uma grande apoiadora de causas sociais. A marmiteira também colabora com alimentos e ajuda na distribuição, além de pedir doações em seu raio de clientes no final de cada pedido com uma mensagem automática. Apesar de algumas pessoas em suas redes sociais não serem tão receptivas, isso nunca a parou de ajudar off-line.

“A cada 15 dias nós juntamos todas as doações conseguidas com os clientes naquelas duas semanas, – eu complemento com o que estiver faltando. – e a Amanda faz a distribuição na ONG.” Explica. “Já cheguei a postar coisas sobre a ONG no meu perfil do Instagram, mas parei. Algumas pessoas maldosas insinuaram que eu faço isso ou aquilo para me promover, e o sentido da coisa não é esse então passei a fazer tudo de maneira menos registrada. Apenas falo sobre isso hoje pelo impulso que essa visibilidade pode ajudar na ONG da Amanda, tanto em doações quanto em crescimento.”

Amanda explica que todos que quiserem ajudar podem entrar e contato com ela nas redes sociais -@doa.acao-. Doações de verba ou dos mantimentos em si são sempre mais que bem vindas. “Quanto mais doações conseguirmos, mais famílias poderão ser alcançadas.”

Comentários