fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Política

Márcio França (PSB) está confirmado no Ciclo de Debates de candidatos a prefeito de São Paulo na sede da ACSP

Evento será na sexta-feira (23), às 10 horas, com transmissão no Facebook e YouTube; representantes da Associação Comercial de São Paulo farão perguntas por videoconferência

 

O candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSB, Márcio França, é mais um concorrente a prefeito da capital que participará do Ciclo de Debates com representantes da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O evento virtual será realizado na próxima sexta-feira (23), a partir das 10 horas, com transmissão ao vivo pelo Facebook e YouTube. A discussão será estimulada por empresários e comerciantes que farão suas perguntas em cima de temas de interesse da população. O evento é organizado pelo Conselho Político e Social (COPS) da entidade.
Bruno Covas (PSDB), Andrea Matarazzo (PSD), Celso Russomanno (Republicanos) e Joice Hasselmann (PSL) já apresentaram suas propostas e foram questionados pelos participantes durante a videoconferência. Outros candidatos ainda vão participar destas atividades na sede da ACSP antes do primeiro turno das eleições municipais, marcado para 15 de novembro.
Perfil do candidato – O ex-governador do Estado de São Paulo Márcio França cumpriu todas as etapas na vida pública antes de administrar um estado com 46 milhões de habitantes e 645 municípios. Advogado, serviu o Poder Judiciário por nove anos. Foi vereador por dois mandatos e, depois, eleito prefeito de São Vicente, em 1997. Em 2000, foi reeleito com 93,1% dos votos válidos, recorde brasileiro até hoje. Concluiu os mandatos com 94% de aprovação, segundo o Ibope. Em 2007, foi eleito deputado federal e cumpriu dois mandatos. Sempre filiado no mesmo partido, o PSB, França foi convidado, em 2011, pelo então governador Geraldo Alckmin para criar a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo.
Por sua atuação, França foi escolhido para vice-governador na chapa de reeleição, em 2014. Eleito e empossado vice-governador, em 2015, ele foi também secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.
Márcio assumiu o Governo de São Paulo, em abril de 2018. Por imprimir um ritmo intenso em seu cargo, no Palácio dos Bandeirantes, foi incentivado a disputar a reeleição para governador, deixando de ser reeleito por 1% dos votos.  Na cidade de São Paulo, Márcio foi o mais votado, com 3 milhões e 329 mil votos. Agora, disputa a eleição para a Prefeitura de São Paulo com o compromisso de cumprir o seu mandato. Sua Coligação, Aqui Tem Palavra, reúne, além do PSB, os partidos PDT, Solidariedade, Avante, PMN e PMB.

Comentários