fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Limeira: Justiça determina bloqueio de bens de Hadich e viações


Foto: Prefeito Paulo Hadich

Representação junto ao MP foi defendida por Zé da Mix em janeiro de 2014

 

A Justiça de Limeira determinou na manhã desta quinta-feira, 3, o bloqueio de 6 milhões de reais do prefeito de Limeira, Paulo Hadich, da ex-secretária de Mobilidade Urbana, Andréa Júlia Soares, e das viações de transporte público. A decisão trata de Ação Civil Pública promovida pelo Ministério Público (MP), diante de Representação feita pelo vereador José Roberto Bernardo (Zé da Mix), em janeiro de 2014.

Na Representação, o vereador indicava que o pagamento do subsídio ocorria de forma irregular, uma vez que, de acordo com a legislação em vigor, o valor repassado às empresas deveria ser calculado com base no número de passageiros pagantes. “Mas, desde o início, a Prefeitura paga sobre o número total de passageiros, ou seja, está contando aqueles que pagam a passagem e também os que não pagam, como idosos, deficientes, etc”, disse Zé da Mix.

“Até fevereiro, foram pagos mais de R$ 18 milhões para as empresas a título de subsídio, sendo que R$ 6 milhões foram pagos irregularmente”, completou o parlamentar.

Diante disso, o juiz Adilson Araki Ribeiro determinou o bloqueio de bens dos envolvidos, bem como que o subsídio seja sobre o número de passageiros pagantes. Foi decidido também que o valor das passagens de ônibus na cidade seja unificado a R$ 3.

Comentários

Dennis Moraes