fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Opinião

Liderança exige preparação profissional e emocional

Por José Roberto Assy

Estar à frente de uma empresa seja ela pequena, média ou grande é uma tarefa bem difícil. Somado a isso, existe o desafio de liderar pessoas e se destacar frente a concorrência e exigências do mercado. Muitas vezes, o sucesso ou fracasso da empresa será o reflexo dos pensamentos e atitudes de seus líderes.

A liderança envolve sonhos, missões e objetivos, por isso, além da preparação formal, ela exige preparação emocional, para saber lidar da melhor maneira possível com todas as situações emocionais que ocorrem dentro de uma organização. De identificar oportunidades até desenvolver pessoas, tudo isso exige o máximo de competência, mas não existe uma fórmula pronta.

Não existe receita para se tornar um bom líder e cada organização, tem suas particularidades. O importante para o líder é saber enxergá-las, entender sua missão e criar outras oportunidades para o seu time se desenvolver.

Capacitação

Atualmente muitas empresas cobram e exigem qualificação por parte de seus colaboradores, mas pouca atenção é dada a preparação daqueles que estão em cargos de gestão. Eu por exemplo, aos 40 anos percebi que precisaria de uma formação complementar, como MBA. Tentei no Brasil, mas ainda não era o que eu buscava e então, me programei para fazer esse curso no exterior

Pesquisei pelas melhores universidades dos Estados Unidos, para ver os programas que existiam. Achei em Harvard o mais adequado para o meu perfil. Fiz um programa de três anos chamado OPM (Owner/President Management), uma maratona de estudos de cases empresariais ensinados por alguns dos melhores professores do mundo.

O Programa é voltado para donos de empresas de pequeno e médio porte do mundo todo. O meu principal objetivo foi conhecer simultaneamente várias culturas e as diversas maneiras de fazer negócio.

No programa reaprendi tudo que eu sabia sobre negociação, principalmente no mercado internacional. Além disso, aprendemos a traçar o perfil de nossos liderados e a importância de uma sólida área de Gestão de Pessoas dentro da empresa.

Durante todo o programa, foram aplicados exercícios sobre liderança e em parte deles, tive a chance de escutar os colaboradores da minha empresa. Isso me fez refletir sobre a minha própria forma de liderar, quais pontos positivos e os que poderia melhorar.

Foi inspirador representar uma empresa 100% independente e brasileira, que aos poucos tem ganhado espaço no mercado internacional. Para o sucesso e perpetuidade das companhias é fundamental que seus líderes se preparem e se capacitem assim como eu, que estou à frente de uma empresa de médio porte, mas que está se preparando para crescer e se destacar globalmente. Temos muito conhecimento prático que ganhamos no dia a dia, mas precisamos ir além. Buscar uma boa preparação teórica e estar o tempo todo se atualizando sobre o mercado, economia, história e política. Isso vai diferenciar os verdadeiros líderes.

 

Fundador e presidente da J.Assy, especialista em soluções tecnológicas para o agronegócio.

Comentários