Santa Bárbara d´Oeste 

Lei Maria da Penha é discutida pela comunidade

A UBS (Unidade Básica de Saúde) “Paulo Pereira Fonseca”, no bairro Cruzeiro do Sul, recebeu nesta quarta-feira (12) palestra sobre a Lei Maria da Penha. A ação fez parte dos eventos comemorativos ao Dia Internacional da Mulher, que ao longo do mês, por meio da Administração Municipal, tem realizado diversas ações voltadas ao público feminino. A atividade foi realizada em parceria com o Conselho Municipal de Defesa e Proteção dos Direitos da Mulher.

O objetivo foi orientar à população feminina sobre como proceder em caso de algum tipo de violência, com apresentação de vídeo sobre o tema e explanação sobre os aspectos da lei Maria da Penha, pelas conselheiras do Conselho da Mulher. “Muitas vezes, a mulher sobre com algum tipo de violência e não sabe como proceder. As orientações são importantes porque além de encorajar, mostram onde e como deve ser feita a denúncia, tanto no caso de quem sofre a violência, como para alguém próximo”, destacou a enfermeira responsável pela unidade, Elaine de Almeida.

As ações em celebração ao Dia da Mulher seguem até o dia 22 de março. O público feminino poderá realizar exames para detecção do câncer de colo do útero e solicitação de mamografia, além de participar de palestras e discussões sobre o tema. As atividades são promovidas também em parceria com a Secretaria de Promoção Social e Rede Feminina de Combate ao Câncer.

Na terça-feira (11), foi realizado na Rede Feminina de Combate ao Câncer, em parceria com o Centro de Referência em Saúde da Mulher, um “Chá Árabe”, que contou com a participação de mulheres diagnosticadas por câncer de mama ou outros tipos de câncer. A ação contou com atividades de dança-terapia para as participantes.

Programação

Até o dia 14, prosseguem nas UBSs e no Centro de Referência em Saúde da Mulher diversas atividades para a mulher, como apresentação de vídeos, cartazes, distribuição de materiais informativos, entre outras ações. No dia 22 na Praça Central, acontece o Dia “D” da Vacinação para prevenção do HPV para meninas de 11 a 13 anos. Nesta data, o Centro de Referência em Saúde da Mulher atuará junto com a equipe da Vigilância Epidemiológica das 8 às 17 horas, realizando entrega de agendamentos para mamografia e papanicolau, durante a vacinação das adolescentes.

Foto: Marcel Carloni

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Leia também...