Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Lançamento da pedra fundamental do Hospital de Câncer de Barretos


O prefeito Jonas Donizette participou nesta segunda-feira, 29 de fevereiro, do lançamento da pedra fundamental do Centro de Diagnóstico do Hospital de Câncer de Barretos. A área em que a unidade será instalada foi cedida pela Prefeitura de Campinas, por meio de um decreto assinado em 19 de fevereiro deste ano.

O terreno objeto da cessão mede 11,4 mil metros quadrados e fica localizado na Avenida das Amoreiras. O Centro de Diagnóstico terá três mil metros quadrados de construção, onde serão realizados exames preventivos de mama e de colo do útero.

O Hospital de Câncer de Barretos também contará com cinco carretas de prevenção e educação, que ficarão abrigadas na área cedida mas percorrerão os bairros, equipadas para realizar exames preventivos de mama, colo de útero, pele e pulmão. Quatro serão utilizadas para diagnóstico, e uma para educação. 

A unidade de educação será direcionada para as escolas, com o objetivo de despertar nos estudantes de 9 a 13 anos o interesse por hábitos saudáveis, qualidade de vida e prevenção do câncer.

Com as cinco carretas funcionando, vamos conseguir detectar a doença no início. Os casos que estiverem num estágio mais avançado, serão encaminhados para o Setor de Oncologia do Hospital Mário Gatti. Por esse motivo, fizemos questão de escolher um terreno que fica nas imediações da unidade hospitalar. Com isso, nós faremos um grande complexo de tratamento do câncer em Campinas, afirmou o prefeito.

O investimento total será de R$ 30 milhões. Os recursos são provenientes de um acordo entre a Shell Basf e o Ministério Público. Outros R$ 40 milhões serão aplicados em pesquisas.  

O Centro de Diagnóstico terá capacidade para atender cerca de 300 mulheres por dia e contará com consultórios médicos, salas para a realização de mamografias (equipadas com mamógrafo digital de última geração), coleta de Papanicolau e ultrassom (equipados para a realização de exames e biópsias de mama). O centro cirúrgico terá duas salas para a realização de procedimentos, recepções, espaço para treinamento e videoconferência.

O diretor geral do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata, ressaltou a importância do diagnóstico precoce do câncer. “Há cinco anos, Barretos não tem casos avançados de câncer de mama. Por isso é importante detectar a doença quando ainda há tempo de cura”, disse.

As obras em Campinas terão início imediato e a previsão de conclusão é de 12 meses.  “Muito do que estamos conseguindo aqui é fruto da seriedade do trabalho realizado no hospital de Barretos”, afirmou Jonas Donizette.

Os funcionários de Campinas serão contratados pelo Hospital de Barretos. Cerca de 70 pessoas trabalharão no prédio e nas unidades móveis.

Durante a cerimônia de lançamento, que contou com a presença também do vice-prefeito, Henrique Magalhães Teixeira, e do secretário de saúde, Carmino Antônio de Souza, foi enterrada uma cápsula do tempo, com o projeto da unidade e jornais desta segunda-feira, 29 de fevereiro.

Hospital de Câncer de Barretos

O Hospital de Câncer de Barretos realiza mais de quatro mil atendimentos por dia, 100% SUS.

Com mais de 50 anos de história, possui diversas unidades, não só na cidade de Barretos, mas também em Jales (SP), Fernandópolis (SP), Porto Velho (RO), Campo Grande (MS), Nova Andradina (MS) e Juazeiro (BA).

 Além disso, há 12 unidades móveis de prevenção, que percorreram no ano passado os seguintes Estados: Bahia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Assessoria de imprensa PMC
Crédito: Fernanda Sunega

Comentários

Dennis Moraes