Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Kábíyèsí Ọba Adekunlé Aderonmu, Rei da Ogboni iwashe na Nigéria, lança o seu livro sobre a identidade

Kábíyèsí Ọba Adekunlé Aderonmu, Rei da Ogboni iwashe na Nigéria, lança o seu livro sobre a identidade subtraída do povo africano pelo domínio europeu durante o longo período das colonizações.

O Embaixador da Paz nas Américas, Kábíyèsí Ọba Adekunlé Aderonmu, Ọba Ògbóni Iwaṣhẹ Káàkiri Àgbáyé, acaba de lançar seu mais recente livro intitulado “A Identidade Tirada de Nós”. O Sumo Sacerdote de Ifa que se dedica a preservar a cultura e tradição do povo Yoruba trata, sem colocações polêmicas o delicado tema que envolve a escravidão e suas consequências nos descendentes africanos até os nossos dias.

Sobretudo, com embasamento de quem conhece a história, a formação das tradições e da espiritualidade do seu povo, o autor constrói o caminho para a pacificação através da melhor pavimentação: o conhecimento. Louvável iniciativa para a possível erradicação do preconceito racial que, no mínimo, provoca a reflexão em todos os agentes para se dar um basta em tanto sofrimento e despreparo.

Sacerdote dedicado às atribulações da alma humana, um estudioso de vivência internacional, além da sua liderança à frente do Centro Cultural Africano, traz a sua visão acurada e assertiva para tão delicada questão que gerou e ainda gera tantas tragédias e retrocessos na convivência entre pessoas e na própria evolução social. Ele toca fundo o leitor independente de suas convicções religiosas porque escreve com argumentos.

Aos leitores descendentes de africanos, o autor discorre de forma pontual os motivos para auxiliar que cada um busque resgatar a sua   autoestima, se for o caso, explicando a origem e o momento histórico da escravidão de africanos nas américas, o momento e a forma em que isso ocorreu na África na linha do tempo e aborda as tradições culturais e espirituais da origem iorubá, origem essa da maioria dos brasileiros afrodescendentes.

Aos que não são descendem de africanos, a leitura desse livro é uma excelente oportunidade de passarem a ter alguma propriedade sobre o assunto, de reverem ou confirmarem seus valores e, ainda melhor, de conhecerem um pouco mais sobre a África e os africanos pelas palavras de quem sabe muito, colocadas com humildade e despretensão.

Sobre o autor

Naturalizado brasileiro, nasceu em Abeokutá, na Nigéria e é formado em bioquímica na Universidade de Lagos. Rei da Nigéria, não deixa suas raízes de lado. No Brasil, desenvolve atividades empresariais e, além disso, é sacerdote religioso. Idealizou o Centro Cultural Africano, que funciona na cidade de São Paulo, na Barra Funda, instituição que tem como objetivos principais fazer o intercâmbio cultural, social e religioso entre o Brasil e o Continente Africano.