Justiça determina desocupamento de área no Cruzeiro e moradores temem despejo


O loteamento José Galdense localizado no Cruzeiro do Sul área rural de santa Bárbara d’ Oeste (SP) está gerando polêmica e preocupação por parte das famílias que ali residem.

Em 2006 o proprietário do loteamento dividiu a área e colocou à venda, onde várias pessoas adquiriram e pagaram pelas terras. A fiscalização da Prefeitura esteve entregando o aviso de regularização na última quinta-feira (13)  com prazo até sexta-feira (28).

”Para onde nossas famílias vão, temos filhos, é uma vida, são quase dez anos, a justiça é muito lenta e agora eles simplesmente vem e dizem que temos que abandonar a área, e o nosso dinheiro” disse a moradora Cleuza Aparecida Lopes da Silva de 50 anos.

” Fui protocolar na Prefeitura o pedido de regularização e acabei encontrando o Prefeito Denis Andia no elevador e ele me disse que infelizmente não pode fazer nada, pois a Prefeitura apenas está cumprindo uma ordem Judicial”, completou a moradora Rosângela Cristina Jacomassi da Silva de 41 anos.

RESPOSTA DA PREFEITURA

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, por meio da Secretaria de Negócios Jurídicos e FOP (Fiscalização de Obras e Posturas), informa que o Município segue determinação da Justiça. Existe uma ação civil pública em que foi determinado o desfazimento do loteamento clandestino.

A ação foi ajuizada em 2010, mas o inquérito civil acerca dos fatos é de 2006. As famílias encontradas no loteamento já foram notificadas e a Prefeitura fará também uma comunicação oficial em Diário Oficial para conhecimento dos demais.

Desde o início da ação a orientação dada aos moradores foi para que se organizassem em associação com fins de regularização do loteamento irregular.

Do: Giro de Notícias Sbo
Imagens: Nilson Araújo/Rádio Luzes JP

Comentários

Notícias relacionadas