Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Jogo desenvolvido por alunos de Nova Odessa é premiado em Feira de Tecnologia em São Paulo

SONY DSC


Batizado de “Comunicação sem Falhas”, projeto de estudantes da Etec auxilia deficientes auditivos a compreenderem melhor a Língua Portuguesa escrita

 

Os alunos do curso de Administração da Etec (Escola Técnica) de Nova Odessa, Rafaela Cristina Figueiredo e Higor Bevilaqua foram premiados na categoria “tecnologia assistiva” na Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia), que aconteceu na semana passada em São Paulo. A dupla recebeu do CNRTA (Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva) troféu pela apresentação do projeto “Comunicação Sem Falhas”, que auxilia deficientes auditivos a compreenderem melhor a Língua Portuguesa escrita.

 

A participação na Febrace foi possível graças ao desempenho da dupla na Feteps (Feira de Tecnologia do Centro Paula Souza) no ano passado. O projeto deles foi bem recebido na ocasião e os credenciou para a Feira Brasileira, que reuniu projetos de todo País.

 

Rafaela e Higor participaram da Febrace acompanhados da orientadora do projeto, a professora de Biologia da Etec Natália Yumi Mizukami. “Foi muito gratificante poder apresentar nosso projeto para pessoas de todo País”, disse Rafaela.

 

Este foi o primeiro ano que nossa escola participou de uma feira como esta e o reconhecimento que tivemos nos motiva a seguir em frente com o projeto”, continuou. A aluna afirmou que além do troféu foi entregue também um certificado de participação. “Agora, vamos nos preparar para participar da Feira de Ciências da 3M”, afirmou.

 

Batizado de “Comunicação Sem Falhas”, o projeto apresentado pelos alunos da Etec consiste em um jogo que auxilia deficientes auditivos no entendimento da conjugação correta de verbos, pronomes e preposições. O “Conjogando” oferece opções de conjugação no presente, passado e futuro e ensina também concordância.

 

Além da participação em novas feiras de tecnologia, Rafaela e Higor buscam também apoiadores para patentear o projeto. “Queremos muito dar continuidade ao jogo, desenvolver novas fases e produzi-lo em escala para que possa ser usado por mais pessoas”, disse.

 

Diretora da Etec de Nova Odessa, Maria Angela Pinto Dias parabenizou os alunos pela participação na feira e destacou o trabalho desenvolvido na escola de preparar os estudantes para o futuro. “Nossa escola existe há seis anos como Etec e esta cultura de projetos foi implantada há apenas três anos. Ficamos felizes em ver que os resultados já estão aparecendo”, disse, destacando ainda que outros alunos da unidade se destacaram em outras feiras de ciências e tecnologia.

 

Maria Angela frisou ainda que o corpo docente da Etec tem grande preocupação com a qualidade do conteúdo educacional trabalhado junto aos alunos. “É um trabalho conjunto que desenvolvemos e estamos todos muito orgulhosos dos resultados”, disse.

 

HOMENAGEM – Na manhã de ontem, Rafaela e Higor e também alunos premiados na Feira de Ciências da 3M foram homenageados na Etec. Na ocasião, eles puderam expor a experiência pela qual passaram e receberam a visita dos pais.

 

 

 

Comentários

Dennis Moraes