Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Jogadora do Corinthians/Americana conquista o título do Arremesso das Estrelas


Convertendo o arremesso do meio da quadra, a pivô Damiris, do Corinthians/Americana deu show e levou o Time Ratto ao título do Arremesso das Estrelas do Jogo das Estrelas do NBB, finalizando o Jogo das Estrelas 2016, realizado no final de semana, no Ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes (SP).

No duelo entre duas atletas do líder Corinthians, melhor para a jovem pivô Damiris, que pela segunda vez seguida participou do Arremesso das Estrelas e, ao contrário da edição passada, que ficou em 3º lugar, a pivô saiu de quadra com o troféu de campeã do torneio do Jogo das Estrelas.

Próxima da terra natal, a pivô Damiris comemorou a conquista. “Eu fiquei muito feliz só de participar, mas vim pra Mogi das Cruzes querendo o título mesmo. Sou de Ferraz de Vasconcelos, Mogi é da minha região e atuar aqui e vencer o torneio é muito especial para mim”.

Os quatro trios que disputaram o torneio foram compostos por uma estrela do NBB, uma jogadora da LBF (Liga de Basquete Feminino) e uma lenda do basquete mogiano. Time Nilo Guimarães (Filipin, Érika e Nilo Guimarães), Time Janjão (Giovannoni, Nádia e Janjão), Time Pipoka (Nezinho, Karla e Pipoka) e o campeão Time Ratto (JP Batista, Damiris e Ratto).

No Arremesso das Estrelas, cada equipe tem que converter sete arremessos de diferentes posições da quadra, sendo o último deles do meio da quadra, com o tempo máximo de dois minutos para finalizar o circuito. Os dois melhores tempos se classificam para a decisão do torneio.

Na primeira fase, o Time Ratto e o Time Pipoka cravaram praticamente o mesmo tempo. A equipe de Pipoka registrou 36,3 segundos, enquanto o trio de Ratto finalizou o circuito em 36,6 segundos. Desta forma, os dois foram à final. Já na grande decisão, o esquadrão do ex-armador contou com a bola do meio da quadra da pivô Damiris e fechou a disputa em 41 segundos, enquanto o elenco do ex-pivô fez em 01:34 minutos.

 

Unidade de Imprensa

Foto: Fotojump/LNB

Comentários

Dennis Moraes