fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Invicto em 2016, Giovanni agradece técnico Diego Aguirre e mostra confiança com sequência na meta do Atlético Mineiro

Giovanni não se intimidou com a pressão de substituir o goleiro Victor, lesionado. O camisa 12 do Galo teve uma atuação bastante segura e com defesas importantes não teve sua meta vazada na vitória de 3×0 do Atlético Mineiro contra o Colo-Colo no estádio Independência. O resultado encaminhou a classificação atleticana para as oitavas-de-final da Copa Libertadores.

Como Victor passou por um procedimento cirúrgico e poderá ficar afastado dos gramados por até seis semanas, a atuação de Giovanni diante dos chilenos deixou a massa alvinegra tranquila, pois sabe que o clube está bem servido no que diz respeito aos goleiros. Em 2016, por exemplo, Giovanni, que atuou em quatro partidas, está invicto. “Venho conseguindo fazer um bom trabalho nos jogos para ajudar a equipe em campo. A confiança vem no dia-a-dia, treino após treino, pois você fica mais seguro em fazer seu papel nos jogos. O torcedor do Galo pode esperar muita seriedade e compromisso da minha parte. Quero continuar evoluindo e ajudando o Atlético”, destacou o arqueiro, que tem 56 partidas pelo clube mineiro.

Um personagem que vem sendo fundamental para o ótimo começo de temporada do goleiro Giovanni é o técnico Diego Aguirre. “Só tenho que agradecê-lo. Ele vem me passando muita confiança nos treinamentos e jogos. A melhor maneira de eu corresponder essa confiança é continuar indo bem nos jogos e consequentemente ajudando o Atlético Mineiro”, enfatizou o camisa 12, que será mantido como titular na partida do próximo domingo, às 18h30, fora de casa, quando o Galo encara o Tupi pela 8ª rodada do estadual.

Foto: Bruno Cantini/Atlético Mineiro

Comentários

Dennis Moraes