Indaiatuba: Guarda Civil estoura local de embalagem de drogas na região central, um elemento é preso

 


Foram localizadas 766 porções de entorpecentes e mais 1.094 embalagens vazias

 

Durante patrulhamento preventivo e após uma denúncia anônima na quinta-feira (6) uma equipe da Guarda Civil localizou 766 porções de entorpecentes na região Central. Os profissionais de segurança receberam a informação de que um rapaz trajando bermuda preta com listras vermelhas, sem camisa tinha acabado de receber uma sacola de um desconhecido na porta de sua casa. A equipe seguiu até o endereço indicado e avistou uma pessoal com as mesmas características segurando uma sacola, que ao avistar a viatura saiu correndo para dentro da residência, esquecendo o portão aberto.

Os Guardas imediatamente correram atrás do rapaz que gritou a frase “perdi senhor, perdi”. D.R.A., 25, mostrou as pedras de crack que estava confeccionando para a venda, no total de 21 unidades. Em entrevista o elemento inicialmente negou que havia mais drogas e a existência da sacola que os Guardas avistaram na aproximação da guarnição. Minutos depois e com a informação de seria acionada a equipe de Canil o indiciado optou por informar que o material estava no guarda-roupa dentro de uma caixa, onde foram localizadas 745 porções de cocaína. D. relatou aos Guardas e posterior a autoridade policial que distribuía o produto ilícito no Pq Indaiá e Jd Morumbi. Também foram localizados no imóvel e a apresentados na Delegacia de Polícia, mas 594 pinos plásticos usados para acondicionar substância entorpecente e 500 saquinhos vazios que tem a mesma finalidade. Os produtos entorpecentes foram encaminhados para o Instituto de Criminalística de Campinas, onde houve a constatação para o grupo funcional de crack e cocaína, respectivamente. D., que ficou à disposição da Justiça, foi indiciado em flagrante pelo artigo 33 da Lei Federal 11.343/06, que prevê pena de cinco a 15 anos de reclusão.

 

 

 

Comentários

Notícias relacionadas