Indaiatuba: Defesa Civil de Indaiatuba inicia operação verão 2014/2015

Serão distribuídos panfletos em locais de grande movimentação

 

Teve início na última segunda-feira (1º), a Operação Verão 2012/2013 coordenada pela Defesa Civil de Indaiatuba. A ação segue até 31 de março e acontece durante todo o período de chuvas. Os trabalhos contam com apoio da Coordenadoria Regional. “Faremos a distribuição de panfletos com orientações sobre a operação em locais de grande movimentação com apoio do grupamento de Defesa Civil do Projeto Educando Para a Vida. Estamos aguardando terminar o período de aulas para iniciar a distribuição de panfletos”, comenta.

Nesses meses o setor intensifica o Plano de Prevenção, com o acompanhamento da previsão meteorológica, a medição dos índices pluviométricos e as vistorias técnicas de campo em áreas de risco de deslizamentos, para a remoção preventiva, quando necessário.

Os procedimentos operacionais, seguidos pelo órgão estão divididos em níveis e os boletins são divulgados diariamente no site www.indaiatuba.sp.gov.br. O primeiro é o da observação, quando o valor acumulado de chuvas não deve ultrapassar os 80 milímetros. Caso isso ocorra, entra-se no nível de atenção, onde iniciam as vistorias de campo.

Essas ações são reportadas diariamente para a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil que comunica os órgãos estaduais, numa troca de informações com demais municípios. Após essa etapa, se as chuvas persistirem os níveis são de alerta e alerta máximo onde ocorrem ações integradas com Corpo de Bombeiros, Guarda Civil, Polícia Militar, Instituto Geológico e demais Secretarias.

Indaiatuba coleta diariamente os índices pluviométricos, de umidade relativa do ar, temperaturas máxima e mínima e boletins meteorológicos produzidos em conjunto com técnicos do instituto Meteorológico da Unesp, também são publicados na página da Prefeitura.

A Defesa Civil orienta para que, telhas, calhas, entre outras partes do imóvel sejam vistoriadas. Eles não devem ficar soltos. É também preciso checar se está adequado o escoamento das águas das chuvas e prevenir o entupimento de bocas-de-lobo.

Assessoria de imprensa

Comentários

Notícias relacionadas