fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Santa Bárbara d´Oeste

Importante avenida da Zona Leste, Alfredo Contatto completa 24 anos

A Avenida Alfredo Contatto está localizada na Zona Leste de Santa Bárbara e passa por muitos bairros como Jardim São Fernando, Jardim Pérola, Vila Ferrarezi, Jardim Adélia, Jardim Dona Regina, São Camilo, Frezzarin, Jardim Palmeiras e Jardim Europa. Para apresentar fontes aos leitores a respeito da história desse local, os assistentes de documentação do Centro de Documentação Histórica – CEDOC da Fundação Romi  André Villani e Fernando Falcetti realizaram uma pesquisa para resgatar a história dessa avenida que nesse mês completa 24 anos.

Segundo a pesquisa em 1995 com a publicação da Lei nº2135, de 27 de março de 1995, a Rua A, localizada no Bairro São Fernando, passa a ter a característica de avenida, tornando a ser denominada Avenida Rubi. No entanto, em 1996 com a publicação da Lei nº2215 de 01 de outubro de 1996, a Avenida Rubi passa a denominar-se “Avenida Alfredo Contatto’”  que em 1º de outubro do mesmo ano foi oficialmente inaugurada com sua extensão aumentada partindo da rua Portugal até a rua da Agricultura, próxima à avenida Santa Bárbara.

No dia 1º de outubro de 1996, às 20 horas o então prefeito José Maria de Araújo Júnior inaugurou a avenida Alfredo Contatto, no trecho do Jardim Europa. “Além do prefeito estiveram presentes o empresário americanense Alfredo Contatto, seus familiares, vereadores, secretários municipais e convidados. O trecho inaugurado forma um único conjunto com a antiga rua Hungria e avenida Rubi, que juntos passam a ser a Avenida Alfredo Contatto, com o Jardim Europa (a partir da rua Portugal) ao Jardim São Fernando (até a rua da Agricultura), próxima a avenida Santa Bárbara”, conta a coordenadora do CEDOC da Fundação Romi Sandra Edilene de Souza Barboza.

Segundo o Jornal Diário do dia 3 de outubro de 1996, em matéria publicada na página 14, a avenida possuía 1.350 metros de pista pavimentada, 20 metros de largura, 2.700 metros de guias e sarjetas, sistema completo de drenagem e iluminação pública e fazia parte de uma remodelação do sistema viário da Zona Leste, contribuindo para desafogar o trânsito naquela região da cidade, que recaia principalmente sobre a avenida Augusto Scomparim.

A pesquisa completa preparada pela equipe do CEDOC com fotografias, jornais além da biografia de Alfredo Contatto está disponibilizada no site do CEDOC da Fundação Romi no endereço:

https://fundacaoromi.org.br/fundacao/index.php?pag=padrao&op=cedoc&id=3631&op2=not&cat=pesquisa-tematica

 

 Sobre o CEDOC

O Centro de Documentação Histórica – CEDOC é um  espaço vivo de preservação da história, que além de resgatar todo o passado histórico de Santa Bárbara d’Oeste e região, atua na guarda, conservação e disponibilização do acervo da Fundação Romi e da Indústrias Romi – com destaque para o acervo do Romi-Isetta. É uma importante fonte de pesquisa para jornalistas, estudantes, entre outras pessoas que buscam informações sobre a região de Santa Bárbara d’Oeste. Realiza projeto de Educação Patrimonial para crianças e adolescentes e Processamento Técnico de todos os documentos recebidos. O acervo disponível para consulta é composto por mais de 300.000 mil documentos. No CEDOC são considerados documentos históricos toda informação registrada independente de forma ou suporte (física ou digital), em função de seu valor informativo, testemunhal, que servirão para conferir autenticidade a algum acontecimento histórico ou utilizado como fonte para pesquisas. O CEDOC está localizado à Avenida João Ometto, 200, Jardim Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1558. www.fundacaoromi.org.br/cedoc.

 

Sobre a Fundação Romi

Seu legado iniciou em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi. Tendo como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura, a Fundação Romi é pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, beneficiando mais de 30 mil pessoas, por ano, através de seus dois grandes eixos: Educação e Cultura. Mantenedora do Núcleo de Educação Integrada, sua escola de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, oportuniza a formação integral, autônoma e protagonista de crianças, adolescentes e jovens. Promove, por meio de seu Centro de Documentação Histórica, a preservação da história da cidade e região com o processamento técnico da memória do município para guarda, preservação e disponibilização do acervo à população para consulta e pesquisa.  Tem na educação patrimonial, destinada para alunos da educação básica, a disseminação do conhecimento da história local como elemento de cultura e cidadania. Na Estação Cultural de Santa Bárbara d´Oeste que, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas atende milhares de pessoas por ano. A Fundação Romi está localizada à Avenida João Ometto, 200, Jardim Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.

Comentários