Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Imóveis mais caros de Nova York são vendidos por uma brasileira

Luciane Serifovic / Divulgação / MF Press Global

Se existe uma cidade que é conhecida em todo o planeta, essa é Nova York. Independente do lugar do mundo, qualquer pessoa nutre uma admiração por aquele lugar. Com seus encantos em formas de ruas e avenidas, muitos visitantes gostam tanto de lá que até procuram uma maneira de conquistar um imóvel por lá.

 

Para os brasileiros, uma opção é procurar a corretora de imóveis de luxo, Luciane Serifovic. Ela se tornou conhecida na cidade exatamente por ser a referência na venda de casas e apartamentos de alto padrão na cidade. Atualmente, ela está vendendo um empreendimento valioso em Manhattan, coração da cidade, e ela lembra que a região “não tem escassez de residências particulares notáveis e deslumbrantes, mas mesmo para os padrões mais elevados da Big Apple, essa cobertura de vidro é única. Feito por Michael Fuchs, que era então CEO da HBO, ele ostenta 6.415 pés quadrados de espaço, incluindo um átrio imponente de 12 metros que fica inundado de luz ao longo do dia”.

 

Pois é, imagine morar em um ambiente onde celebridades conhecidas em todo o planeta, como Sonia Braga, Robin Williams, Bette Midler e Tom Brokaw já estiveram hospedadas? Agora soma-se a eles nesta lista mais personalidades como Dick Cavett, Billy Crystal, Harry Belafonte, Christopher Reeve, Ron Silver, Beverly Sills, Rosie Perez, Dana Delaney, Gary Shandling, Pat Riley, Sumner Redstone, Bianca Jagger, e a campeã olímpica de patinação Katerina Witt.  Com vasta experiência no assunto, Luciane destaca que este imóvel mostra o quanto este imóvel é algo especial para quem quer vivenciar as mesmas experiências que algumas das maiores celebridades mundiais: “Da cozinha do chef à sala de projeção e ao átrio, é a definição de uma propriedade única. Não foi por acaso que tantos artistas escolheram ir às festas aqui”.

 

Até as características únicas desse empreendimento o destacam na maior do cidade do mundo, revela a corretora: “ A cobertura apresenta cerca de 1.500 pés quadrados de espaço ao ar livre, com destaque para um terraço ao ar livre em estilo toscano e um terraço separado e totalmente privado na cobertura que oferece vista panorâmica de 360 graus. Ela possui 6.500 pés quadrados de espaço interno, que possui quatro quartos e cinco banheiros e meio, uma sala de projeção, duas lareiras, uma galeria de arte, duas cozinhas, uma adega / bar e uma suíte para funcionários”.  E o melhor de tudo é que um ambiente tal único é também algo privativo: “O edifício em si é discreto”, explica Serifovic. “Então, as pessoas entram, elas pegam esse elevador despretensioso até o topo e, quando as portas se abrem … bem, o que elas veem literalmente tira o fôlego. É magnífico.”

 

Assim, para quem deseja viver em uma cidade repleta de história para contar, pode começar investindo neste imóvel. Para quem não sabe, um dos bairros mais conhecidos de Nova York, Manhattan tem uma longa e colorida história. “Ainda no início dos anos 70, o East Village foi intimamente identificado com os artistas e músicos que fizeram dele um viveiro criativo. Nos anos que se seguiram, especialmente desde o início do século 21, tornou-se cada vez mais sofisticado”, completa Luciane.

Conheça o imóvel:

 

 

Divulgação / MF Press Global