fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Igreja Matriz de Americana será restaurada

Em entrevista coletiva realizada na tarde de sexta-feira, dia 11 de março, sua Excelência Reverendíssima, Dom Vilson Dias de Oliveira, DC, Bispo Diocesano de Limeira, anunciou a assinatura do contrato para início do projeto de restauração da Igreja Matriz de Americana, datada de 1897.

A empresa de Americana-SP, Três Marias, especializada em Lei Rounet, juntamente com a arquiteta Juliana Binotti, será responsável pela execução do projeto que contempla a restauração total da Matriz, em todos os aspectos: estrutural, artístico, hidráulico e elétrico.

Esta será a maior intervenção que a Igreja Matriz passará em seus quase 120 anos de existência. A primeira Igreja de Americana, ao final deste processo, voltará a ter integralmente suas características originais, devolvendo e valorizando toda a beleza deste monumento histórico e afetivo dos americanenses.

Tanto a Basílica de Santo Antônio, quanto a Diocese de Limeira, estão empenhadas e atentas em devolver à Americana um dos principais ícones de sua história, por isso este será um processo longo e que necessitará do auxílio e colaboração direta de toda a comunidade e de todos os moradores da cidade.

Hoje a Igreja sofre com sérios problemas estruturais, principalmente em relação às madeiras de sustentação do telhado, centenárias, e que quase não comportam o peso da idade. Todos estes problemas estavam sendo monitorados e sanados na medida do possível pela Basílica, porém as fortes chuvas deste ano agravaram a situação.

Sendo assim, após análise e orientação da Defesa Civil de Americana, a Diocese de Limeira decidiu por prevenção pelo fechamento da Igreja Matriz para preservação do Patrimônio e, principalmente, para segurança e bem estar dos fiéis, até que as obras de restauração sejam concluídas. É uma decisão sentida e difícil de ser tomada, porém embasada em laudo técnico e no Código de Direito Canônico. Tudo com o intuito de preservar vidas e histórias.

Juntos, Diocese de Limeira, Basílica e Comunidade de Santo Antônio, será possível superar mais esse desafio, com a plena certeza que depois deste processo Americana terá uma Igreja ainda mais bela e fortalecida na fé e na união.

 

 

 

Comentários

Dennis Moraes