IEMA conscientiza mil pessoas, na Semana do Meio Ambiente

As ações de conscientização que o Instituto de Educação e Meio Ambiente (IEMA) promoveu na Semana do Meio Ambiente movimentaram Nova Odessa (SP). Mais de mil pessoas foram orientadas pela organização socioambiental a respeito da problemática ecológica enfrentada na cidade e os pontos que a fizeram conquistar o selo de Município Verde Azul.

No Dia Nacional da Educação Ambiental (3 de junho), a Diretoria de Meio Ambiente convidou a entidade para seu “Arrastão do Bem”, em busca da qualidade de vida e saúde aos moradores dos bairros Vila Azenha e Fadel. “Escolhemos essa região porque ela sofre com o descarte irregular de resíduos e queimadas. Além do IEMA, recebemos o apoio da Defesa Civil e da Coden para entregarmos nosso material educativo de porta a porta”, afirmou a diretora da pasta, Aryhane Massita, que, mais tarde, palestrou no Curso de Empreendedorismo Socioambiental do instituto.

“Esta aula foi muito especial, pois nossos alunos foram informados sobre a realidade ambiental do município em que vivem, para depois desenharem para uma exposição do Dia do Meio Ambiente [5 de junho] e ao 42º Salão Internacional de Humor de Piracicaba”, disse a presidente do Instituto de Educação e Meio Ambiente, Ana Lúcia Maestrello de Micheli.

Os clientes do Supermercado Pague Menos foram surpreendidos, na última sexta-feira, com a mostra das caricaturas, charges e tirinhas ambientais produzidas pelos adolescentes do curso. “Foi uma ação que chamou a atenção do público, por apresentar desenhos que revelam a degradação do planeta. Esperamos que a conscientização dos clientes contribua para um meio ambiente mais conservado em Nova Odessa”, ressaltou o gerente da loja, Luciano Cardoso de Carvalho, que ainda disponibilizou 150 mudas de árvores, durante a exposição.

“Os desenhos estão legais. Mostram que a gente tem que cuidar do planeta, que não podemos sujar ele, não gastar tanta água, não poluir o ar, que devemos plantar árvores”, comentou a pequena Brenda Monise da Silva Moraes.

“Gostei muito da iniciativa. A partir de uma caricatura que despertou minha curiosidade, parei para ver todas as outras obras. Acredito que este é o caminho para a mudança, já que a sementinha da educação ambiental tem que ser plantada pelos mais novos, a exemplo dos trabalhos confeccionados pelos jovens do curso de empreendedorismo sustentável, hoje expostos num lugar de grande circulação de pessoas. E como os adultos não têm paciência para muita informação, educá-los através de uma exposição é uma ideia bem interessante”, ressaltou o feirante Antônio Dias.

Outra ação que agitou a população novaodessense na semana passada foi a divulgação do município como o primeiro a participar da Campanha Adote uma Árvore. “Nova Odessa, que é coautora do projeto desde 2009, tem grandes áreas para reflorestamento que só agora poderão receber árvores adotadas pelos próprios munícipes através do site www.adoteumaarvore.net.br”, informou o coordenador do projeto – também é promovido pelo IEMA – Genaro Santos do Lago.

 

 

Comentários

Notícias relacionadas