Honda inicia operação da nova sede para a América do Sul, em Sumaré; 370 empregos trazidos para a cidade

Executivos da Honda South America Ltda e da Honda Automóveis do Brasil Ltda confirmaram nesta terça-feira, 3 de fevereiro, em um encontro com a imprensa regional, o início das operações da nova sede da montadora em Sumaré. Baseado no conceito global de “one floor” (“tudo num único piso”), o novo prédio unificou na unidade local toda a estrutura administrativa anteriormente operando em São Paulo.

Dos 417 funcionários que já ocupam os 16.000 metros quadrados do novo Centro Administrativo, 370 são cargos que vieram de São Paulo, incrementando os índices de emprego e fomentando a Economia e a demanda por serviços em Sumaré. Quando estiver totalmente ocupado, mais de 700 colaboradores devem atuar na nova sede continental da empresa.

O prédio, ao lado da unidade fabril da montadora, abriga a diretoria e as equipes responsáveis pelos setores Administrativo e Comercial da Honda Automóveis e as áreas corporativas de Atendimento ao Cliente, Recursos Humanos, Controladoria, Tecnologia da Informação, Jurídico, Regulamentação de Produto, Relações Institucionais, Pós-Venda e Auditoria.

O novo prédio contou com investimentos na ordem de R$ 100 milhões e foi construído ao lado do Centro de Pesquisa & Desenvolvimento da Honda Automóveis do Brasil, inaugurado no início de 2014 (e que, por sua vez, recebeu investimentos estimados em mais R$ 200 milhões).

“Já havíamos integrado nosso setor de Pesquisa & Desenvolvimento à fábrica de Sumaré, próximo à nossa linha de produção. Faltava trazer os setores Comercial e Administrativo. Assim, estamos concretizando este conceito global de estarmos todos juntos, com mais sinergia e uma comunicação ainda melhor (entre os setores). Estamos nos preparando para os novos tempos, com maior rapidez e processos muito mais dinâmicos na tomada de decisões. É muito bom estarmos mais próximos, o que torna mais fácil a troca de ideias também com a comunidade”, afirmou Paulo Takeuchi, diretor executivo de Relações Institucionais da Honda South America.

“A adoção do conceito de ‘one floor’ facilita a comunicação interna entre as diferentes áreas da empresa, traz mais rapidez e eficiência aos nossos processos e, portanto, reflete numa maior qualidade dos nossos produtos, que são ofertados aos nossos consumidores”, completou o executivo.

 

COLABORADORES

Segundo Ricardo Kitajima, gerente geral Administrativo e Financeiro da Honda Automóveis do Brasil, a “transferência” dos funcionários de São Paulo para Sumaré “foi um desafio muito grande, porque envolveu a mudança de famílias inteiras de cidade, requereu um trabalho intenso dos envolvidos e contou com o apoio da Prefeitura de Sumaré, a quem recorremos para obter diversas informações que foram disponibilizadas aos envolvidos”.

“Criamos uma série de informações sobre moradia, serviços de saúde, educação e lazer, por exemplo, para dar apoio aos nossos funcionários, que sempre foram nosso principal foco de atenção neste processo. Este projeto é de uma importância muito grande para os próximos 50 anos da empresa”, completou Kitajima.

A Prefeitura de Sumaré foi representada no encontro pelo secretário municipal de Desenvolvimento, Gustavo Tomazin. “A transformação da unidade fabril de Sumaré na sede continental da empresa demonstra o compromisso de longo prazo e a confiança da Honda no próprio crescimento e desenvolvimento da nossa cidade. A Honda é e continuará sendo, com muito orgulho, uma das maiores empresas de Sumaré e de toda a RMC (Região Metropolitana de Campinas)”, afirmou o secretário. A fábrica de Sumaré produz 120 mil automóveis e utilitários da marca por ano.

 

 

Comentários

Notícias relacionadas