Giro de Notícias RMC 

Guarda de Nova Odessa prende rapaz suspeito de tráfico de drogas no Jardim Alvorada


Homem foi flagrado com 90 porções de maconha e cocaína e confessou propriedade dos entorpecentes

 

 

A Guarda Civil Municipal de Nova Odessa prendeu na noite de quarta-feira, dia 16, um rapaz de 29 anos suspeito de tráfico de drogas. A prisão aconteceu em uma praça no Jardim Alvorada. Foram apreendidos 28 porções de maconha e 62 de cocaína, além de R$ 135 em dinheiro.

 

Diretor de Segurança Municipal, Robson Fontes Paulo afirmou que as ações de combate ao crime têm sido intensificadas. “Temos desenvolvido ações especiais em toda cidade, coibindo as práticas criminosas e protegendo as famílias de condutas perigosas e delitivas”, disse.

 

Segundo ele, além dos patrulhamentos de rotina e da aproximação da Guarda com a comunidade, o uso de ferramentas de tecnologia também contribuem para maior eficácia no atendimento da corporação. “É um conjunto de ações que são tomadas diariamente e que resultam na coibição de tráfico, prisão de criminosos e, consequentemente, na garantia de segurança da população”, continuou.

 

Nesta ação que resultou na prisão em flagrante, os guardas municipais estavam em patrulhamento pelo Jardim Alvorada quando foram informados de que na praça localizada na Rua dos Jequitibás havia uma pessoa vendendo drogas.

 

A equipe foi ao local e encontrou o suspeito próximo a uma árvore. Ao avistar a viatura, ele levantou e saiu andando. Os guardas realizaram abordagem e encontraram na bermuda oito microtubos com substância aparentando ser cocaína, além de R$ 135 e um celular. O rapaz segurava, ainda, duas porções de maconha nas mãos.

 

Ao ser questionado, ele assumiu a propriedade e comercialização dos entorpecentes. Os guardas realizaram buscas nas proximidades e encontraram em uma sacola 54 microtubos com cocaína e 26 porções de maconha.

 

Diante dos fatos, o rapaz foi levado ao plantão policial onde foi ratificada a prisão em flagrante. A droga foi apreendida e será encaminhada para perícia.

 

Comentários

Leia também...