24Horas Esportes 

Grêmio vence o Corinthians e entra no G-4


Créditos: Daniel Augusto Jr/Corinthians

Duas vitórias tricolores nos duelos de Série A iniciados às 11h deste domingo (14). Em Porto Alegre, o Grêmio venceu o Corinthians por 3 a 0 e entrou no G-4 da competição. Com 35 pontos, o time gaúcho alcançou a vice-liderança, mas vai fechar a 20ª rodada no terceiro lugar já que Santos (6º com 33) e Atlético-MG (3º com 35) se enfrentam às 16h. Em quarto lugar, com 34, o Timão precisa torcer por uma derrota do rival paulista para se manter entre os quatro primeiros. Em Cariacica (ES), o Fluminense superou o América-MG por 1 a 0 e chegou a 28 pontos.

No Kleber Andrade, em Cariacica, o domínio do Fluminense na primeira etapa não resultou em gols e as equipes foram para o intervalo zeradas. Com mais posse de bola, o Tricolor tentou envolver o adversário, mas esbarrou na defesa mineira bem postada. Na chance mais clara de gol, Henrique Dourado cabeceou na pequena área, mas João Ricardo salvou mandando para escanteio. Apostando nos contra-ataques, o Coelho também assustou Diego Cavalieri, em chute rasteiro de Matheusinho, aos 40 minutos. Com um reinício arrasador, o Fluminense abriu o marcador logo no primeiro ataque do segundo tempo. De voleio, Henrique Dourado emendou o cruzamento de William Matheus e fez 1 a 0. O golaço do camisa 89 garantiu os três pontos para o tricolor carioca.

Na Arena do Grêmio, o Tricolor gaúcho iniciou o jogo buscando uma pressão para cima do Corinthians. Aos 6 minutos, Bolaños recebeu cruzamento de Douglas e obrigou Cássio a fazer grande defesa. A resposta do Timão veio aos 10 no cabeceio de Balbuena, mas Grohe evitou o gol. Aos 16, o Grêmio saiu na frente do marcador com Pedro Rocha. O atacante invadiu a área, cortou a marcação e chutou cruzado para abrir o placar, 1 a 0. O Corinthians ainda teve a chance de empatar com Giovanni Augusto, mas o meia foi abafado pelo goleiro e a vantagem simples permaneceu até o intervalo. Dominando a segunda etapa, o Grêmio sacramentou a vitória por 3 a 0, com gols de Everton e mais um de Bolaños.

CBF
Comentários

Leia também...