Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Variedades

Gastos em apps de comida sobem mais de 226% em março

Levantamento da Flash mostra mudança no comportamento dos brasileiros em tempo de home office e da pandemia do novo coronavírus

 

 

A adesão do trabalho remoto tem provocado mudanças de comportamento no consumo dos brasileiros. Segundo um estudo recente realizado pela Flash, startups de benefícios flexíveis, o uso dos benefícios, como Vale Alimentação e Refeição, por meio do cartão único oferecido pela empresa na bandeira Mastercard®, aumentou mais de 226% em aplicativos de comida e comércio de alimentação, como restaurante entre 20 de fevereiro e 20 de março deste ano.

A startup também notou um aumento no uso do cartão para gastos com medicamentos e cuidados pessoais, que cresceram mais de 185% no último mês.

Com a necessidade de diversificar o uso do tradicional VA e VR, sobretudo para os aplicativos de delivery, muitas empresas têm buscado soluções para flexibilizar os benefícios de seus colaboradores e dar-lhes mais autonomia e flexibilidade nas opções de compras do dia a dia em todo o território nacional, sem limitações de rede.

“Notamos que, com a adesão do trabalho remoto, muitos funcionários passaram a usar o cartão do benefício para pedir comida ou ingredientes para as refeições por plataformas digitais, como nos aplicativos de delivery e e-commerces de supermercados. Por oferecermos um cartão bandeirado, os funcionários têm mais liberdade para escolher o que deseja e podem usar de forma mais eficiente e adequada às novas rotinas e hábitos, maximizando os benefícios oferecidos”, explica o CEO da Flash, Ricardo Salem.

A solução desenvolvida pela Flash foi oferecer um cartão único para concentrar todos os benefícios fornecidos pelo RH das empresas. Assim, por meio de um cartão bandeirado pela Mastercard®, as empresas podem adequar a solução à sua política de benefícios: do tradicional auxílio alimentação ampliando o alcance e poder de compra em restaurantes, mercados de bairro, super/hipermercados, “atacarejos”, açougues, padarias, feiras livres, cafés e afins; vale-transporte e Mobilidade, com aceitação em postos de combustíveis, transporte por aplicativo (tendo o Uber como parceiro premium), bilhete único, aluguel de bikes, patinetes e carros; um produto de saúde que permite que o colaborador faça consultas em clínicas, exames laboratoriais, bem como compra de medicamentos em farmácias, cultura e entretenimento, que permite ao usuário usufruir cinemas, teatros, livrarias e serviços de streamings; educação, com parceiros que oferecem cursos de línguas, programação, formação profissional, entre outros.

Com a adesão do novo modelo, cada colaborador ganhou então um cartão com a bandeira Mastercard®, por meio do qual eles podem utilizar os créditos disponíveis em uma plataforma em qualquer tipo de estabelecimento online e offline, como apps e e-commerce de delivery, mercados de bairro, restaurantes e parceiros digitais, como  Uber Eats, Liv Up, Carrefour, Spotity, Deezer, e outros. Essa facilidade de ter um cartão bandeirado permite, por exemplo, aos colaboradores fazer compras na segurança de casa, mantendo o isolamento social e gerindo melhor o uso dos benefícios.

Para ajudar as empresas na gestão interna dos benefícios aos colaboradores, a Flash disponibiliza uma plataforma intuitiva, de modo que as empresas possam atualizar mais rapidamente o cadastro dos funcionários e, para ajudar a logística, a startup está disponibilizando a entrega dos cartões de benefícios com a bandeira Mastercard® nas residências dos colaboradores em até 5 dias, sem custo extra para o serviço.

A rede de estabelecimentos que aceitam o cartão da Flash chega a mais de 2 milhões de conveniados em todo o País.

SOBRE A FLASH (www.flashapp.com.br)
A Flash é o maior player do mercado brasileiro de benefícios flexíveis com a melhor proposta de valor para as duas pontas da cadeia, empresas e colaboradores. Para os profissionais de RH, por meio de uma plataforma intuitiva e prática, a startup permite inserir e administrar os benefícios dos colaboradores totalmente online e com baixo custo de operação (R$ 3 por CPF). Outro diferencial é que a startup foi criada para suprir com todo respaldo jurídico e trabalhista para as empresas contratadas, como a emissão de relatórios e nota fiscais detalhando os depósitos realizados nos cartões. Já para os funcionários, a oferta é de um cartão com a bandeira Mastercard® e uma ampla de rede de uso com mais de 2 milhões de estabelecimentos em todo o País, além da possibilidade de uso nos parceiros digitais, como Uber, Uber Eats, Liv Up, Carrefour, Spotity, Deezer, e outros.