SB24Horas

Notícias na hora certa!

Ganso diz que não estava preparado para as vaias da Vila inteira

O são-paulino Paulo Henrique Ganso voltou pela primeira vez à Vila Belmiro, depois de sua saída tumultuada do time da Baixada e o que ele encontrou foi hostilidade.

Além da derrota do São Paulo para o Santos por 3 a 1, o jogador acompanhou de vaias cada vez que ele chegada na bola à moedas jogadas no gramado. A torcida do Santos não poupou o jogador de críticas e ofensas. Eles gritavam, entre palavrões, a palavra “mercenário”.

Até cédulas falsas de dinheiro foram distribuídas pelo estádio.

1real

 Torcida do Santos protesta contra Ganso com cédulas falsas de R$ 1, distribuídas na Vila Belmiro Ricardo Nogueira/Folhapress

a hora do intervalo, Ganso já tinha desabafado sobre o assunto. Pegando uma moeda do chão ele disse:

“Será que eles vão ser punidos por isso? aposto que não, né?”.

Como os protestos continuaram, ao fim da partida ele comentou: “Mudei de lado agora, preparado eu não estava. Sabia que alguns fariam protesto, mas não a vila inteira. Mas é assim, vida que segue”, falou o jogador, que foi abraçado por Neymar e outros ex-colegas antes de começar a partida na Vila Belmiro, inclusive seu ex-técnico Muricy Ramalho.

 

Fonte: Folha de São Paulo