GAMA recupera carros roubados. Três vão para a cadeia

Duas mulheres e um homem foram presos em flagrante por roubo, receptação, porte ilegal de arma e falsa identidade. Uma das presas era foragida da Cadeia de São Bernardo do Campo

 

Patrulheiros da GAMA (Guarda Municipal de Americana) esclareceram dois roubos de veículo durante a tarde do último domingo (9) na cidade. Os carros, uma Meriva e um Fox, foram roubados em Rio Claro e Americana, respectivamente, e as prisões foram feitas com um intervalo de menos de duas horas.

 

Toda a ação se iniciou quando os GCMs Marcio e Maciel patrulhavam pelo Parque da Liberdade, na região de moradias provisórias conhecida como “Zincão”, por volta das 13h30. Eles viram uma Meriva cinza com placas de Rio Claro sendo conduzida por uma mulher tendo um homem no banco do passageiro e duas menores no banco traseiro e notaram um nervosismo entre os ocupantes ao verem o carro da GAMA. Assim, a motorista da Meriva iniciou uma fuga e foram perseguidos pelos patrulheiros, que pediram apoio a outras viaturas.

 

Durante a perseguição, o ocupante do banco do passageiro jogou um objeto embrulhado em uma toalha. Os guardas Wilson e A. Soares, que estavam no apoio, encontraram um revólver calibre 38 numerado e com cinco projéteis – um deles já picotado, denotando que um disparo mal sucedido teria sido realizado. Além do revólver, eles também portavam uma arma de eletrochoque geralmente usada para defesa pessoal.

 

A perseguição terminou na Rua da Compreensão, no Jardim da Paz, quando os ocupantes da Meriva abandonaram o veículo e foram abordados. Durante a ocorrência, o emplacamento do veículo foi consultado no sistema de dados e foi constatada queixa de roubo, ocorrido no dia anterior (sábado, 8) em Rio Claro. O casal e as duas menores, que são primas, foram levados ao Plantão Policial para a elaboração da ocorrência.

 

Os detidos eram o estampador Fagner Johnatan dos Santos, de 22 anos, morador de Nova Odessa, e a mulher que inicialmente se identificou como Fransmeire Aparecida Alvares Monteiro, de 31 anos. Ela, no entanto, não portava documentos e quando a Polícia Civil realizou o procedimento de confirmação da identidade constatou-se que Fransmeire era o nome da irmã da indiciada, Francielle Regina D’Arc Alvares, foragida da Cadeia Feminina de São Bernardo do Campo e procurada pela Justiça.

 

Fagner foi preso em flagrante por receptação e porte ilegal de arma, tendo sido transferido à Cadeia Pública de Sumaré – ele já possui passagens pela polícia por tráfico de drogas -, enquanto Francielle foi presa por ser procurada e também por ter fornecido falsa identificação. As menores, de 12 e 14 anos, foram liberadas.

 

Enquanto a ocorrência começava a ser elaborada, os guardas obtiveram a informação de que uma mulher chamada Daiane estaria praticando roubos utilizando a mesma arma que foi apreendida com Fagner e que estaria com um Fox preto com placas adulteradas. Com as características do carro, que levaria alguns adesivos na parte traseira, os guardas Siderlei, Aguilera e o sub-inspetor Fernando realizaram diligências e localizaram o carro pela Avenida Europa, estacionado em uma farmácia. Daiane e um acompanhante viram a viatura e demonstraram nervosismo, no que foram imediatamente abordados.

 

O rapaz, após depoimentos, não teve comprovada ligação nos roubos e foi liberado. No Plantão Policial, Daiane Cristina Oliveira, de 26 anos, com passagens pela polícia por tráfico de drogas e também roubo, foi reconhecida pela dona da Meriva como sendo a autora do assalto a mão armada ocorrido no dia 8 em Rio Claro, além da menor de 12 anos que teria agido junto. Daiane é mãe e tia das menores que estavam no primeiro carro com o casal detido duas horas antes.

GAMA recupera carros roubados. Três vão para a cadeia (1)

Na primeira consulta ao emplacamento, os números adulterados apontavam para uma van Mercedes com situação legal. Ao perceberem a adulteração (uma letra F ou mudada para E e um número 6 foi mudado para 8 com fita isolante), o emplacamento original apontava para o Fox roubado durante um assalto a residência no último dia 6 em Americana. Dentro do carro ainda havia um laptop e um celular da vítima, que não reconheceu nenhum dos três como sendo autores do crime.

 

Assim, Daiane foi presa em flagrante pela receptação do Fox, pelo roubo da Meriva e por adulteração de emplacamento. Ela e Francielle foram levadas à Cadeia Pública Feminina de Santa Bárbara d’Oeste.

 

Fotos: Guarda Municipal de Americana

Comentários

Leia também...