Fundo Social de Nova Odessa inicia curso de Produção de Cupcakes

Qualificação gratuita oferecida na área de gastronomia tem aulas no CTVP

 

A Prefeitura de Nova Odessa iniciou nesta quarta-feira (3) as aulas da oficina de qualificação gratuita em Produção de Cupcake, oferecida através de parceria do Fundo Social de Solidariedade com a Acta Cursos. São 15 mulheres, de idades variadas, começando as aulas que ocorrem nas tardes de quarta-feira no CTVP (Centro de Treinamento e Valorização Profissional) ‘Dr. Atayde Gomes’.

A instrutora do curso é a culinarista Maria Elisabeth Nascimento Basso, que atua há anos na produção de diversos tipos de doces e salgados. “O cupcake é um produto que pode fazer o ano todo, só muda a decoração conforme as datas específicas”, explica. “O pessoal pode vender e ganhar dinheiro com isso. Tem bastante procura, principalmente para aniversários e outras festas”, detalha.

A qualificação será em oito aulas no CTVP, onde as participantes poderão aprender na teoria e também na prática, produzindo os cupcakes com os ingredientes. A culinarista também ensinará como as participantes do curso devem precificar os produtos, levando em conta os custos e gastos de produção, além da mão-de-obra. “Quanto mais decorado, com recheio e tudo, mais valorizado é o cupcake”, reforça.

Representante da Diretoria de Indústria e Comércio, Paulo Bichof deu as boas vindas às participantes, em nome do prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza. “É uma qualificação muito importante, pra ajudar as pessoas a obterem renda própria. Temos também o Banco do Povo, que é um agente de crédito pra ajudar as pessoas a investirem no próprio negócio”, acrescenta Bichof.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Souza, destaca a importância em proporcionar a qualificação gratuita, para ajudar as pessoas a enfrentar o atual momento de crise no país. “Hoje o Brasil está com mais de 14 milhões de desempregados e a crise atinge a arrecadação das Prefeituras. Mas mesmo assim a Administração Municipal tem mantido os cursos de qualificação”, frisa.

Levando-se em conta somente os dias úteis dos últimos quatro anos, em média, pelo menos uma pessoa por dia obteve um certificado de conclusão de curso profissionalizante disponibilizado pelo Fundo Social de Solidariedade. São mais de 1.200 pessoas de Nova Odessa que se formaram em um dos 13 cursos gratuitos oferecidos pela Prefeitura desde 2013, nas áreas de artesanato, beleza e gastronomia.

Comentários

Notícias relacionadas