fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Ford Ranger 2017 é submetida ao teste do “cheiro de carro novo”

A Ford conta com um laboratório especial para harmonizar o cheiro dos diferentes materiais de um veículo novo e a Ford Ranger 2017 foi submetida a essa técnica de refinamento do interior da cabine, totalmente remodelada. Chamado teste do “cheiro de carro novo” (ou, no caso, picape nova), este é um cuidado especial da Ford com o nível de conforto dos usuários no dia a dia.

Como mostra o teste neste vídeo, desenvolver esse atributo do veículo é um trabalho mais complexo do que se imagina, já que não se trata de um odor único. No caso da Ranger, foi preciso analisar a combinação de mais de 100 diferentes materiais empregados na picape.

A dificuldade para encontrar o cheiro ideal é que cada pessoa sente os odores de modo diferente. Assim como alguns gostam do cheiro de couro, por exemplo, há também aqueles que detestam. Os testes são o caminho para garantir que essa combinação agrade o maior número de pessoas.

No desenvolvimento da nova Ranger, uma amostra de cada material foi colocada num pote de vidro e exposta a diferentes condições climáticas, como umidade e calor extremo, simulando situações como a picape estacionada debaixo do sol.

Ao atingir a temperatura adequada, os materiais foram analisados pelos especialistas usando o instrumento mais completo que existe para esse tipo de avaliação – o nariz. O objetivo final é filtrar ao máximo os odores dentro do veículo para garantir a harmonia e a qualidade. Este foi um dos inúmeros aspectos estudados no processo de desenvolvimento da nova Ranger, que chega este semestre ao mercado brasileiro.

 

Comentários

Dennis Moraes