FGV é a melhor formadora de CEOs do Brasil

Ranking de revista britânica coloca instituição entre as melhores do mundo

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a melhor universidade do Brasil para a formação de CEOs. A informação é da revista britânica Times Higher Education (THE), que apontou, também, a instituição como a 35ª melhor do mundo para a formação de executivos que ocuparão cargos de liderança nas maiores empresas.

O estudo, denominado Índice Alma Mater: Executivos Globais, está em sua primeira edição e foi divulgado na última quarta-feira (4). Segundo a publicação, a metodologia utilizada utilizou por base uma lista com as 500 maiores empresas de 2013 e, após as análises de currículo dos CEOs, foi possível chegar às 100 organizações que mais contribuíram com a formação dos executivos.

Para o presidente da IBE-FGV, a maior conveniada da Fundação Getúlio Vargas no interior Paulista, Heliomar Quaresma, o resultado do ranking reflete o impacto e a importância que a instituição possui para a economia do país. “A formação de líderes é uma marca da instituição. A qualidade do ensino faz com que tenhamos profissionais de altíssimo nível, com habilidades que as empresas anseiam em um mundo corporativo tão dinâmico”, aponta.

Para o presidente, é importante que o aluno tenha em mente estudos como esse para definir o futuro da vida profissional. “Vemos uma valorização muito grande dos profissionais que escolhem a FGV. Quando se investe em formação, há uma expectativa grande pelo retorno e, esse estudo, comprova que a taxa é muito positiva aos alunos da instituição”, ressalta.

A FGV está presente no interior de São Paulo através do Institute Business Education (IBE-FGV), com oferta de cursos de pós-graduação nas cidades de Americana, Araras, Campinas, Jundiaí, Limeira, Piracicaba, Vinhedo e Rio Claro. Para mais informações, acesse o site www.ibe.edu.br .

Comentários

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta