Exposição “CEDOC em Movimento: Santa Bárbara 200 anos” chega à Indústrias Romi

O “CEDOC em Movimento”, iniciativa do Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi, chega à Indústrias Romi como parte da etapa extramuros do projeto. Após ter passado pelo Tivoli Shopping, em Santa Bárbara d´Oeste, pela Prefeitura Municipal de Nova Odessa e pelo Welcome Center, em Americana, a exposição “CEDOC em Movimento: Santa Bárbara 200 anos” oportuniza, nesta rodada, que os funcionários da Romi conheçam um recorte da cidade bicentenária que abriga a indústria na qual atuam e, em muitos casos, residem.

Registrada por fotógrafos e amantes da fotografia de toda a região a mostra resgata três dos principais pontos histórico-turísticos da cidade de Santa Bárbara d´Oeste: a Praça Central e Matriz Santa Bárbara, a Usina Santa Bárbara e o bairro Santo Antônio do Sapezeiro. Sandra Edilene de Souza Barboza, Coordenadora do CEDOC da Fundação Romi, reitera que a mostra “CEDOC em Movimento: Santa Bárbara 200 anos” estará em exposição na Indústrias Romi para que os funcionários da empresa, que atua a mais de 80 anos na cidade, possam ter essa oportunidade de conhecerem parte da história local. “A ideia de levar a mostra para diferentes espaços é de surpreender o público e, principalmente, tornar acessível, tanto fotografias quanto textos. Itens esses que remetem à história de formação da cidade, que completa dois séculos em 4 de dezembro, e ilustra parte de sua evolução urbanística”.

A exposição “CEDOC em Movimento: Santa Bárbara 200 anos” ficará exposta no espaço de convivência da Indústrias Romi entre os dias 23 e 30 de julho. Na sequência a mostra segue para a Câmara Municipal de Santa Bárbara d´Oeste, Rodovia SP-306, 1001, Residencial Dona Margarida em Santa Bárbara D’Oeste.

Sobre o CEDOC

O Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi é um espaço vivo de preservação da história, que além de resgatar todo o passado histórico de Santa Bárbara d’Oeste e região, atua na guarda, conservação e disponibilização do acervo da Fundação Romi e da Indústrias Romi – com destaque para a memória do Romi-Isetta. Além de um espaço expositivo vivaz e dinâmico, o CEDOC realiza o projeto de Educação Patrimonial para crianças e adolescentes, realiza o Processamento Técnico de todos os documentos recebidos e ainda recebe exposições e palestras, promove visitas monitoradas e técnicas, oficinas de capacitação e experimentação. O CEDOC está localizado à Avenida João Ometto, 200, Jd. Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1558. www.fundacaoromi.org.br/cedoc.

Sobre a Fundação Romi

Seu legado iniciou em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi. Tendo como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura, a Fundação Romi é pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, beneficiando mais de 30 mil pessoas, por ano, através de seus dois grandes eixos: Educação e Cultura. Mantenedora do Núcleo de Educação Integrada, sua escola de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, oportuniza a formação integral, autônoma e protagonista de crianças, adolescentes e jovens. Além disso, promove, por meio de seu Centro de Documentação Histórica, projetos de educação patrimonial para crianças do Ensino Fundamental I, para reconhecimento e conhecimento da história local como elemento de cultura e cidadania. Somado a isso, seu Centro de Documentação Histórica também realiza o Processamento Técnico da memória do município para guarda, preservação e disponibilização do acervo à população para consulta e pesquisa. Dentre as unidades da Fundação Romi também está a Estação Cultural de Santa Bárbara d´Oeste que, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas atende milhares de pessoas por ano. A Fundação Romi está localizado à Avenida João Ometto, 200, Jd. Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br

Comentários

Notícias relacionadas