Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Estação Cultural da Fundação Romi realiza Festival de Capoeira Infantil

A Estação Cultural da Fundação Romi realiza domingo, dia 17 de outubro, a partir das 10 horas, Festival de Capoeira Infantil, com participantes do projeto Capoeira Socioeducativa e convidados. A proposta faz parte do projeto que é apresentado pelo Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Especial da Cultura, e com o patrocínio da Indústrias Romi, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

 

O evento terá a presença de mestres capoeiristas da região, participantes do projeto Capoeira Socioeducativa e capoeiristas e iniciantes convidados. A proposta do Festival de Capoeira Infantil é promover o intercâmbio e a valorização da capoeira. “Os capoeiristas serão distribuídos na roda, onde todos jogam entre si, passando para a fase seguinte e jogarão em duplas”, explica a assistente cultural da Estação Cultural da Fundação Romi Natália Fernandes Rocha. Haverá entrega de medalhas simbólicas e cordas para os iniciantes no projeto. “Na formação das duplas, os alunos receberão suas cordas”, conclui Natália.

 

A realização do Festival de Capoeira Infantil visa avaliar o capoeirista como um todo: seu ritmo, habilidade, criatividade, objetividade, caracterização, continuidade e seu conhecimento da identidade cultural da arte capoeira. O projeto Capoeira Socioeducativa dissemina princípios e valores como respeito, tolerância, equidade e cidadania, por meio da valorização dessa cultura que congrega arte e esporte. A proposta traz à tona a cultura popular, de matriz africana, reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade com seu ritmo, canto, dança, música e esporte.

 

Para o contramestre Motta, responsável pelas aulas do projeto Capoeira Socioeducativa, oportunizar o acesso a Capoeira às crianças e adolescentes oferecendo uma atividade socioeducativa, contribui para o melhoramento do rendimento escolar, frequência e bom desempenho, sustentando uma sintonia entre as oficinas de Capoeira e a aquisição de componentes morais e éticos, indispensáveis para o desenvolvimento harmonioso de caráter cidadão. “Colabora muito com a população de Santa Bárbara d’Oeste, principalmente com aqueles que participam das oficinas e seus familiares, pois no exercício e prática da Capoeira é estimulada a disciplina, o respeito ao próximo e a boa conduta social”, afirma. “Participar do Festival infantil de Capoeira e receber a primeira corda é a conquista de cada participante, resultado de seu empenho e dedicação”, diz o contramestre.

Capoeira Socioeducativa

 

O projeto Capoeira Socioeducativa é uma iniciativa da Estação Cultural da Fundação Romi, apresentado pelo Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Especial da Cultura, e com o patrocínio da Indústrias Romi, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, voltado à valorização desse misto de arte e esporte. Além dos gingados, a capoeira, com seu ritmo, canto, dança e música proporciona, ao público participante, apresentações de maracatu, afoxé e samba de roda. Nas oficinas, mais que aprender a jogar, o aluno tem acesso aos fundamentos da arte, sua história e seus instrumentos. Não há limite de idade. As aulas acontecem aos sábados, das 11h às 13h. Os interessados devem realizar suas inscrições, presencialmente, na Estação Cultural, sempre de terça a sábado, das 8h às 17h, e, aos domingo das 8h ao meio dia. A Estação Cultural da Fundação Romi está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d´Oeste. Mais informações podem ser acessadas através do site www.estacaocultural.org.br ou pelos telefones (19) 3455-4833 e 3455-4830.