fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Santa Bárbara d´Oeste

Estação Cultural da Fundação Romi disponibiliza oficinas culturais on-line no canal do YouTube da Fundação Romi

Desde do início da pandemia do novo coronavírus a Estação Cultural da Fundação Romi está com suas atividades presenciais suspensas. Foram adaptadas ações para o mundo virtual, como as tradicionais Oficinas Culturais que acontecem todos os anos. Neste período, elas estão disponíveis no canal do YouTube www.youtube.com/FundacaoRomi, e podem ser vistas, e revistas, sempre que quiserem.

No canal do Youtube www.youtube.com.br/FundacaoRomi, você encontra as oficinas disponíveis: “Utilitários de Cozinha” e “Utilitários de Cozinha II”  , com Sérgio Fronza; “Biojoias”, com Alan Malves;  “Divinos em pontilhismo” e “Pinturas de Mandala”, com Matheus Bovolini; “Agulheiro em Feltro” e “Porta Celular em Feltro”,  com Renata de Paula; “Pulseira em Macramê”, com Marlene Bizetto;  “Boneco em EVA 3D” e “Fantoche em EVA 3D”, com Amauri de Oliveira; “Marcador de Página”, com Viviane Covolan;  “Tie dye”, com Ivan Leme e “Fotografia” e “Câmara escura”, com Bruna Piva.

As propostas foram contempladas no EDITAL EC 0003/2020 CHAMADA PÚBLICA PARA OFICINEIROS E EDUCADORES CULTURAIS NA ESTAÇÃO CULTURAL EM 2020, e passaram por adaptações dos proponentes para acontecerem de forma virtual. “Estávamos com inscrições abertas para oficinas culturais presenciais, antes de pararmos com nossas atividades”, explica a assistente cultural Natalia Fernandes Rocha. “Trabalhando junto aos oficineiros aprovados no edital, conseguimos formatar algumas propostas, e elas estão disponíveis em nosso canal do Youtube”, complementa.

Para o superintendente da Fundação Romi, Vainer Penatti, a Estação Cultural da Fundação Romi mantém sua contribuição com o fomento da economia criativa e geração de renda, de forma on-line. “Os números de acesso em nosso canal aumentaram muito neste período de Pandemia. As oficinas já tiveram mais de 1.400 visualizações juntas. O número é bem maior do que teríamos no formato tradicional presencial, que geralmente tem uma média de 15 a 20 pessoas por oficina”, comenta. “Estamos felizes com os resultados, e encontramos um novo nicho a ser explorado, mesmo quando voltarmos com nossas atividades presenciais”, finaliza o superintendente.

Serviço – No canal do Youtube www.youtube.com.br/FundacaoRomi, você encontra as oficinas disponíveis: “Utilitários de Cozinha” e “Utilitários de Cozinha II”  , com Sérgio Fronza; “Biojoias”, com Alan Malves;  “Divinos em pontilhismo” e “Pinturas de Mandala”, com Matheus Bovolini; “Agulheiro em Feltro” e “Porta Celular em Feltro”,  com Renata de Paula; “Pulseira em Macramê”, com Marlene Bizetto;  “Boneco em EVA 3D” e “Fantoche em EVA 3D”, com Amauri de Oliveira; “Marcador de Página”, com Viviane Covolan;  “Tie dye”, com Ivan Leme e “Fotografia” e “Câmara escura”, com Bruna Piva.

 

Sobre a Estação Cultural

 

Inaugurada em 2007, a Estação Cultural ocupa a centenária estação ferroviária de Santa Bárbara d´Oeste, revitalizada e mantida pela Fundação Romi. Em sua trajetória mais 200 mil pessoas já foram beneficiadas, gratuitamente, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas. A Estação Cultural é um lugar de encontros plurais e multiculturais onde a comunidade pode aprimorar a sua percepção acerca da cultura local e regional, divulgar valores, trocar vivências, adquirir conhecimentos, experimentar emoções, elaborar pensamentos, tomar iniciativas e ajudar a constituir a identidade cultural da cidade e região. A Estação Cultural da Fundação Romi está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d´Oeste, SP. (19) 3455-4833 ou 3455-4830. www.estacaocultural.org.br.

 

Sobre a Fundação Romi

Seu legado iniciou em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi. Tendo como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura, a Fundação Romi é pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, beneficiando mais de 30 mil pessoas, por ano, através de seus dois grandes eixos: Educação e Cultura. Mantenedora do Núcleo de Educação Integrada, sua escola de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, oportuniza a formação integral, autônoma e protagonista de crianças, adolescentes e jovens. Promove, por meio de seu Centro de Documentação Histórica, a preservação da história da cidade e região com o processamento técnico da memória do município para guarda, preservação e disponibilização do acervo à população para consulta e pesquisa.  Tem na educação patrimonial, destinada para alunos da educação básica, a disseminação do conhecimento da história local como elemento de cultura e cidadania. Na Estação Cultural de Santa Bárbara d´Oeste que, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas atende milhares de pessoas por ano. A Fundação Romi está localizada à Avenida João Ometto, 200, Jardim Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.

Comentários