Escolas públicas de Indaiatuba recebem novos cardápios nas refeições escolares


A Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria de Educação, iniciou a troca do cardápio das refeições escolares em todas as Escolas Públicas de Indaiatuba (Municipal e Estadual) na terça-feira (9). Com o novo Edital da Alimentação Escolar os cardápios são elaborados por um período de quatro semanas e são 10 cardápios por dia elaborados por uma equipe de Nutricionistas de uma empresa terceirizada, analisado e aprovado por nutricionista da Prefeitura. O valor estimado do contrato com a empresa Nutriplus é de R$ 17.930.568,00.

De acordo com a secretária de Educação, Rita de Cássia Trasferetti, esse é um ganho aos alunos, famílias e ao município. “Nosso objetivo é introduzir uma alimentação mais saudável e proporcionar ganhos nutricionais que refletem na qualidade do aprendizado dos alunos, pois a criança bem alimentada aprende mais. Tivemos uma aceitação ótima do novo cardápio e estamos felizes com isso”, destaca Rita.

Nas creches lactário, que são os bebês de 4 meses a 1 ano, recebem 5 refeições diárias, tendo como novidade no cardápio a Fórmula Infantil no lugar do leite integral em pó. A Formula Infantil é rica em nutrientes para atender essa faixa etária e recomendada pelos médicos Pediatras. Crianças se 1 a 4 anos, são 4 refeições diárias tendo como novidade o queijo branco.

Para as escolas foi introduzida uma alimentação completa, como: arroz, feijão, carne, legumes, verduras e frutas. Todos os dias terá sobremesas como: maçã, banana, mexerica, melancia, mamão, abacaxi, melão, salada de frutas e suco de fruta natural de laranja e uva. Outra novidade é a barra de cereal, que está tendo uma ótima aceitação pelos alunos. Além disso, foram incluídas saladas todos os dias, feijão, sardinha, ovo e lanches naturais compondo uma alimentação completa para os alunos.

No desjejum das escolas no lugar do leite achocolatado foi incluído leite com cacau, que não contem açúcar, leite com fruta (banana, maçã ou mamão) e iogurte com flocos de milho sem açúcar, enriquecendo o valor nutricional dos cardápios. Também há o cardápio de lanches passeio com pão e peito de peru, queijo e suco natural.

O Departamento de Alimentação Escolar (DAE) atende cardápios para diversas patologias com uma alimentação diferenciada como por exemplo, para diabéticos foi colocado nos cardápios o arroz e pão integral.

De acordo com a Secretaria de Educação, quando há introdução de novos cardápios é aplicado um teste de aceitabilidade, o qual tem que ser aprovado no mínimo por 85% dos alunos. Os testes são fiscalizados e controlados por nutricionista da Prefeitura através de relatórios.

 

Foto: Eliandro Figueira – SCS/PMI

Assessoria

Comentários

Notícias relacionadas