24horas Tecnologia 

Entenda um pouco mais sobre Cloud computing

Cloud Computing, ou computação em nuvem, é uma tecnologia que permite o compartilhamento de recursos e informações com o acesso por qualquer dispositivo conectado à internet. 

 

Um dos benefícios do uso de Cloud Computing é que é possível aproveitar melhor os investimentos em hardware, porque a parte mais pesada do processamento fica “na nuvem”, sendo que o usuário precisa apenas de um navegador com conexão à internet para utilizar o serviço.

 

Entretanto, trata-se de um sistema que oferece muitas vantagens para os empreendimentos de diversos segmentos, que tenham interesse no investimento em estratégias de Marketing Digital, incluindo sites, plataformas, redes sociais e aplicativos.

O que é o Cloud Computing?

A maioria das pessoas que têm acesso à internet já está minimamente acostumada a mover aplicativos, sistemas e arquivos para a nuvem, para armazenamento e gerenciamento.

 

O Cloud Computing possibilita até mesmo a manutenção em aplicativos. Do outro lado da conexão de internet, a nuvem é infinita em tamanho, e os usuários não precisam se preocupar com a capacidade ou perda de dados.

 

Outro fator que torna o Cloud Computing revolucionário é a possibilidade de acessar as aplicações, serviços e dados de qualquer lugar, com a acessibilidade à internet.

 

O investimento mundial em serviços baseados em Cloud Computing chegou a 47 bilhões de dólares em 2013, número que pode ultrapassar os 100 bilhões de dólares em 2019, de acordo com o mercado empresarial.

 

É interessante lembrar que desde os anos 1980, logo no início da internet, as pessoas já faziam downloads. Uma tradução livre de “downloads” seria algo como “descarregar para baixo”, o que conduz à ideia de que as pessoas sempre acessaram as nuvens para administrar arquivos.

Como funciona a computação em nuvem?

Praticamente, tudo o que consumimos na internet atualmente provém de aplicativos ou serviços baseados em nuvem, incluindo as redes sociais, plataformas de armazenamento de arquivos, streaming de vídeo ou música.

 

O grande diferencial do Cloud Computing é a possibilidade de armazenar arquivos com grande flexibilidade com relação ao tamanho e outros aspectos relacionados, e o acesso de qualquer lugar, mesmo de outros países, no momento que for necessário.

 

Como os arquivos não estão em um local fixo, como um servidor local numa empresa de envidraçamento de varanda, por exemplo. Então diversas pessoas de diferentes lugares podem interagir com os conteúdos relacionados ao negócio no ambiente da nuvem, desde que tenham autorização e autenticação para isso.

 

Os serviços de Cloud Computing são adaptados de acordo com a necessidade dos empreendimentos e usuários. Por exemplo, uma loja e-commerce que vende equipamentos ou serviços de conserto de ar condicionado pode aumentar ou diminuir o processamento do site de acordo com períodos de ofertas, oferecendo mais suporte para o tráfego intenso de usuários. 

 

Portanto, as empresas que adotam o Cloud Computing dispensam gastos com muitos servidores e computadores locais e não tem limitações com relação ao uso da tecnologia.

Qual é a utilidade do Cloud Computing para uma empresa?

O Cloud Computing oferece diversos benefícios para as empresas, que resultam até na redução de investimentos em infraestrutura. Outra vantagem é que há menor necessidade de equipes especialistas e flexibilidade de crescimento dos sistemas.

 

Quando estão em nuvem, os arquivos ou aplicativos não ficam restritos a um único servidor ou espaço físico, o que possibilita o trabalho de maneira colaborativa, unindo os conhecimentos e ações de diversas pessoas.

 

Uma consequência direta da centralização de sistemas e arquivos em Cloud Computing é a integração de diferentes áreas da empresa, o que possibilita o aumento da qualidade dos projetos e mais facilidade para os usuários.

 

Isso pode ser bastante útil em diversos tipos de empreendimentos. Em um hospital para animais, por exemplo, centralizando informações e dados de atendimentos, o acesso é facilitado para os profissionais da unidade.

 

Os serviços de Cloud Computing são contratados de empresas especializadas, desde softwares básicos até infraestruturas completas de TI. Isso possibilita o corte de gastos com servidores e mão de obra, e investimento em outras áreas das empresas. 

 

Além disso, os serviços são cobrados de acordo com o uso, sem gastos adicionais com manutenção e afins. Esse fator facilita uma implantação fácil em empresas de diferentes segmentos, como uma empresa de limpeza para eventos, por exemplo, independente do tamanho e objetivos.

 

Uma dúvida bastante frequente é com relação à segurança do uso de Cloud Computing, mas os usuários podem se tranquilizar com o fato de que a tecnologia possibilita mais proteção e chances de recuperação de arquivos. Enquanto as mídias físicas precisam ser carregadas manualmente, as nuvens podem fazer isso de maneira automática e com criptografia, acrescentando segurança aos processos.

Vantagens do Cloud Computing

Dentre os principais benefícios da implantação de sistemas com Cloud Computing para as empresas de diversos segmentos, destacam-se:

 

  1. Adaptação dos serviços às necessidades de cada negócio;
  2. Acesso à atualizações sem custos adicionais;
  3. Acesso de qualquer lugar, a qualquer hora;
  4. Centralização de sistemas de gerenciamento do negócio;
  5. Aproveitamento da geração e armazenamento de dados para melhorias;
  6. Possibilidade de recuperação mais fácil de arquivos e programas.

1. Adaptação às necessidades de cada negócio

Os sistemas de Cloud Computing funcionam como serviços, em que o usuário paga apenas pela armazenagem e processamento utilizada, dispensando a compra de equipamentos computacionais. Por isso o Cloud Computing se adapta tanto a pequenas empresas de reforma de fachada predial, para exemplificar, quanto a grandes construtoras com demandas maiores.

 

A computação em nuvem não tem como alvo um único tipo de empresa ou usuário, diferente da maioria das técnicas e estratégias de TI. A elasticidade do Cloud Computing permite que empresas de diversas proporções dobrem ou reduzam o processamento de acordo com a necessidade, com rápidos comandos.

2. Acesso à atualizações sem custos adicionais

Ao utilizar a nuvem, o empreendimento não precisa despender recursos com a compra de novas licenças, atualizações de software ou a troca de servidores, por exemplo. As atualizações de programas e hardware são sempre disponibilizadas, com configurações automáticas.

3. Acesso de qualquer lugar, a qualquer hora

Para os gestores de um estúdio de gravação, por exemplo, pode ser bastante importante o acesso de informações e programas de qualquer lugar, dispensando a necessidade de estar em um local físico determinado para isso.

 

Com o Cloud Computing, todos os dados ficam disponíveis online, e podem ser acessados de qualquer dispositivo com conexão à internet. O acesso pode ser realizado a qualquer momento, o que ajuda a flexibilizar as atividades e funções, aumentando a produtividade.

4. Centralização de sistemas

O Cloud Computing possibilita lidar com diferentes softwares e programas, dispensando a necessidade do uso de diversas formas de autenticação e acesso, por meio da integração das tecnologias. O sistema integrado pode ajudar no desempenho das variadas funções desempenhadas pelas empresas.

5. Geração e armazenamento de dados para melhorias

Como quase todos os sistemas em nuvem são automatizados, eles também produzem e armazenam métricas sobre o andamento dos serviços.

 

As informações permitem a melhoria nas estratégias de gestão de empresas. Um exemplo seria ter dados apontando à necessidade de repensar os processos internos de coleta de dados de alunas em uma escola de ballet, ou outros processos relacionados às informações armazenadas ou serviços prestados em nuvem.

6. Recuperação mais rápida

A perda de arquivos ou programas pode ser trágica para qualquer sistema de trabalho e, nesse momento, as cópias de segurança podem se mostrar garantias ineficientes.

 

Mas os servidores que atuam para as empresas especializadas fornecedoras de serviços de Cloud Computing costumam ser mais bem preparados para esses contratempos. 

 

Além disso, em caso de problemas em um servidor, os acessos da rede são redirecionados, deixando todo o sistema em funcionamento normal.

Dicas para iniciar investimentos em Cloud Computing

Para iniciar investimentos em Cloud Computing, migrando os processos e arquivos de empresas para a computação em nuvem, o planejamento é o primeiro passo. É preciso saber quais são as prioridades de uma empresa de aluguel de carros para executivos, por exemplo, assim como serviços essenciais e que devem ser privilegiados nos primeiros investimentos.

 

Também é preciso se informar para optar entre softwares (SaaS), plataformas de desenvolvimento (PaaS) ou infraestruturas inteiras de TI (IaaS), como alguns serviços em nuvem. É necessário escolher entre nuvem pública, privada ou híbrida e encontrar o provedor que atenda às expectativas da empresa, com relação aos recursos e funções disponíveis. 

 

Vale a pena destacar que as metodologias de segurança são fundamentais na contratação, assim como serviços de backup e suporte técnico sempre disponível para a resolução de possíveis problemas.

 

De qualquer forma, a Cloud Computing deve ser encarada pelos empreendedores como um ambiente de experimentação. É preciso analisar as soluções disponíveis para cada empresa e como elas reagem à implantação dos sistemas. 

 

Contudo, a computação em nuvem é uma importante ferramenta tecnológica para aumentar a eficiência nos negócios de distintos segmentos, tamanho e objetivos.

Comentários