SB24Horas

Notícia na hora certa!

Encerre 2021 e recomece em 2022

Após dois quase dois anos de pandemia é hora de pensar no futuro e recomeçar. A chegada de um novo ano é um período de reflexão e balanço. Também por conta disso, é considerado um dos períodos mais estressantes segundo 68% dos americanos, como apontou uma pesquisa realizada pela empresa Slumber Cloud.

Então como lidar com as frustrações de metas não alcançadas, ou como traçar metas possíveis depois desses dias tumultuados? Para Ester Gomes, especialista em desenvolvimento humano a definição de metas funciona como um roteiro estipulado, para você seguir quando necessita superar desafios e alcançar coisas importantes na vida:

“Temos que aprender a aprender com os nossos traumas. Eles são estágios dolorosos, mas que às vezes são necessários para encarar a vida com mais força e coragem. Tanto nas relações profissionais quanto nos pessoais. A adversidade da pandemia nos tornou mais adaptáveis e isso é uma forma de autoconhecimento muito importante para todos nós.” Ester Gomes, consultora em desenvolvimento humano.

Já o coach Rafael Peixoto gosta de ver os desafios dos últimos anos como uma oportunidade para crescimento pessoal, pois cada vez mais as pessoas terão de buscar uma mentalidade mais positiva e organizada. Quando perguntado sobre uma solução simples para deixar todo o trauma que o ano depositou no coração de muitos, Rafael é enfático: é preciso aceitar os três estágios.

“Algumas pessoas não passam pelos três estágios uma vida inteira. Essa pandemia deu uma ênfase à importância da saúde mental. O primeiro estágio é aceitar o fato de você não estar bem e a partir daí migrar para o segundo, buscar ajuda. O terceiro é o estágio de dar continuidade a essa ajuda. Ajuda é diferente para todo mundo, até porque o que funciona pra mim, pode não funcionar pra você, então as pessoas precisam buscar o que encaixa melhor pra elas.”

A escritora, teóloga e influenciadora digital, Gabriela Lopes, que lançou o livro “Não é só caos-Há um recomeço”, explica que existe um primeiro passo essencial para recomeçar:

“O primeiro passo é focar em si e nas suas demandas. Vejo muitas pessoas preocupadas em mostrar que estão bem para o outro e no final acabam fazendo suas vidas girarem em torno do que já passou. É importante sim se permitir viver o luto do que acabou, mas chega uma hora que você precisa reagir, não por ninguém, mas por você mesmo. Esteja perto das pessoas que te amam. Não fuja, não se esconda, não sinta vergonha de estar com seus amigos e familiares. O amor se torna um muro de proteção ao nosso redor. Cuide-se. Ame-se. Valorize suas qualidades e trabalhe seus defeitos. A dor nos torna sensíveis e com isso conseguimos observar as coisas com mais sabedoria. Você está sendo aperfeiçoado para sua nova vida”.

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal SB24Horas