Esportes 

EMS Taubaté Funvic é superado pelo UPCN San Juan na Copa Libertadores de Vôlei 2018/2019

Já classificado às semifinais, time taubateano foi derrotado por 3 sets a 1 no ginásio do SESI Vila Leopoldina, em são Paulo. Foto: Amanda Demétrio/SESI-SP

Jogando na noite desta terça-feira, 15/01, a equipe EMS Taubaté Funvic conheceu sua segunda derrota na 1ª fase da Copa Libertadores de Vôlei 2018/19. Diante do UPCN San Juan, da Argentina, os taubateanos foram superados por 3 sets a 1 (Parciais de 20×25, 25×21, 16×25 e 26×28).

O jogo foi válido pela 4ª e penúltima rodada do grupo 2 do torneio continental. Nesta quarta-feira, 16/01, a EMS Taubaté Funvic encerra a 1ª fase jogando contra o Libertad Burgi, da Argentina, às 18h00.

O jogo: Já garantido nas semifinais por ser a equipe que sediará as semifinais e final da competição, a EMS Taubaté Funvic entrou em quadra com uma equipe inicial com formação bem diferente da que vinha utilizando como titular, aproveitando para dar minutos de quadra para jogadores que vinham atuando pouco na Superliga Cimed.

O técnico Daniel Castellani escalou o time com Uriarte, Facundo Conte, Luis Fernando, Renan, Robinho, Abouba e Thales como líbero.

O primeiro set começou com o time do UPCN San Juan forçando bastante o saque e complicando a recepção taubateana. Com muitos erros, a EMS Taubaté Funvic deu boa vantagem no placar ao time argentino já nos minutos iniciais. O técnico Daniel Castellani parou o jogo por duas vezes e a equipe melhorou em quadra. Sacando melhor, os taubateanos esboçaram uma reação, apostando muito nas bolas com os ponteiros. Mas o UPCN administrou a vantagem e confirmou a vitória por 25 a 20, em 24 minutos jogados.

O segundo set começou bem mais equilibrado. A EMS Taubaté Funvic encontrou seu jogo, e conseguiu encaixar bem o saque, variando o serviço e impondo maior volume em quadra. Pressionado, o UPCN San Juan passou a errar mais, e deu a chance do Taubaté abrir vantagem na reta final do set. Novamente com boa atuação dos ponteiros e do oposto Abouba, os taubateanos confirmaram a vitória por 25 a 21, em 22 minutos jogados, empatando a partida.

O terceiro set foi de superioridade do UPCN San Juan, que continuou forçando bem o saque e impondo um jogo de alto volume sobre os taubateanos. Errando bastante na recepção e desperdiçando vários saques, o Taubaté não conseguiu se encontrar em quadra. O terceiro set marcou uma boa notícia para a EMS Taubaté Funvic, já que o ponteiro Rodrigo voltou a jogar após longo período parado por conta de uma cirurgia no joelho. O jogador foi bastante acionado pelo levantador Uriarte, e respondeu bem, virando as bolas e mostrando que está recuperado. Jogando melhor, o UPCN venceu o set por 25 a 16, em 21 minutos.

O quarto set voltou a ser de maior equilíbrio entre o UPCN e EMS Taubaté Funvic. O treinador taubateano colocou o meio de rede Athos em quadra para fortalecer o bloqueio, e a defesa melhorou bastante. Sacando bem de forma variada, o Taubaté foi melhor no primeiro terço do período. Os argentinos reagiram e passaram a encaixar novamente o saque, passando à frente. A reta final do set foi muito equilibrada e cheia de emoções, mas errando menos, o UPCN venceu o set por 28 a 26, fechando o jogo em 3 a 1, em 1h45 de partida.

Próximo jogo: A EMS Taubaté Funvic volta à quadra pela Copa Libertadores de Vôlei já nesta quarta-feira, 16/01, às 18h00, contra o Libertad Burgi, da Argentina. O jogo será no ginásio do SESI Vila Leopoldina, em São Paulo.  

Comentários

Leia também...