fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Dobradinha para a Renault E.Dams no México ao final de corrida acirrada

Na primeira corrida da competição 100% elétrica da FIA no Autódromo Hermanos Rodríguez, logo de cara os dois pilotos da escuderia Renault e.dams se mostraram altamente eletrizados ao volante de seu Renault Z.E.15.

Após terem dominado as suas sessões de treinos livres, Sébastien e Nico mantiveram o ritmo acelerado, registrando o melhor tempo de seus respectivos grupos nos treinos classificatórios e conquistando a Superpole.

Tendo sido o quarto a fazer o treino de uma única rodada, Prost fez o melhor tempo mais rápido após Jérôme D’Ambrosio, da Dragon Racing. Último a passar pela etapa de treinos, Buemi cometeu um erro durante sua tentativa, tendo que largar em quinto no grid para a corrida de 43 voltas.

Quando as luzes da largada se apagaram, Nico e Sébastien mantiveram suas posições na estreitíssima primeira chicana, que foi especialmente projetada para o traçado da Fórmula E. Após poucas voltas, Sébastien roubou o quarto lugar de Daniel Abt, enquanto que Nico manteve a pressão sobre o líder D’Ambrosio, mantendo também um olho em Lucas di Grassi (ABT Schaeffler Audi Sport).

As diferenças entre os 5 primeiros colocados se mantiveram bastante apertadas durante a primeira metade da prova, deixando claro que a troca obrigatória de monopostos na metade da prova seria determinante para o final da corrida.

Sébastien saiu do box da Renault e.dams em terceiro à frente de Nico, que foi penalizado por “drive through” por ter feito uma manobra insegura sobre Abt. Tendo caído para a quinta posição, Prost cruzou a linha de chegada inicialmente nesta mesma posição.

Já Sébastien brigou pesado com D’Ambrosio pelo segundo lugar, uma luta eletrizante que acabou beneficiando Di Grassi. Após todas as tentativas até o último instante, o suíço teve que se contentar em um primeiro momento com o terceiro degrau do pódio, por uma diferença de apenas um décimo de segundo.

Di Grassi acabou sendo desqualificado, pois o peso do seu monoposto foi considerado não conforme pelos diretores de prova. Com a saída dele, Sébastien subiu para o segundo lugar. Loïc Duval também foi penalizado em 15 segundos, fazendo com que Nico conquistasse a terceira posição. O piloto francês também ficou com a melhor volta da corrida. A Renault e.dams e Sébastien agora mantêm as respectivas lideranças entre Pilotos e Equipes.

Comentários de Nico, nº 8: “Com exceção de Punta del Este, briguei por um pódio em todas as provas desta temporada, o que foi agora possível com esta decisão dos diretores de prova. Sabíamos que a performance estava à altura das expectativas, como foi visto no treino classificatório. Só faltava mesmo um bom resultado para reforçar minha confiança”.

Comentários de Sébastien, nº 9: “Mesmo tendo a impressão de que não estávamos com as melhores regulagens para esta pista, o resultado final foi favorável para nós. O traçado do circuito tornou as ultrapassagens muito difíceis e, como pudemos ver, tive alguns atritos com Jérôme [D’Ambrosio] durante nossa disputa. É chato, mas às vezes isso faz parte de uma corrida. De maneira geral, prefiro destacar que mantivemos a liderança nos dois campeonatos”.

Comentários de Vincent Gaillardot, Diretor do Programa Fórmula E na Renault Sport: “Registramos uma boa velocidade desde os treinos livres, mas o erro de Sébastien na Superpole teve evidentemente suas consequências, principalmente em um traçado onde é difícil ultrapassar. Pudemos ver a que ponto é importante ser impecável para garantir uma boa posição no grid e aproveitar para manter uma regularidade entre os primeiros”.

Comentários de Alain Prost, Diretor: “Após as decisões dos diretores de prova, podemos dizer que nosso resultado no México foi positivo. Temos uma escuderia performante e um carro competitivo, o que se reflete na classificação final da prova. Quanto ao evento em si, a Fórmula E fez um grande sucesso no México e os fãs prestigiaram massivamente a corrida, mesmo tendo acontecido após a Fórmula 1. Foi um espetáculo extraordinário”.

Comentários de Jean-Paul Driot, Diretor: “Parece que um detalhe em relação aos freios nos roubou a vitória no México e vamos estudar isso de perto. Entretanto, Sébastien e Nico lutaram muito durante esta corrida. Ao conquistar o 2º e 3º lugar, sem esquecer a melhor volta da corrida de Nico, consolidamos nossa posição de líder nos dois campeonatos. Vamos analisar os diferentes problemas encontrados neste fim de semana para preparar a próxima perna, em Long Beach”.

A Renault e.dams, Sébastien e Nico voltam às pistas em 2 de abril, para o ePrix de Long Beach, a sexta perna do Campeonato FIA de Formula E 2015/2016.

Comentários

Dennis Moraes