RMC 

Diretoria de Habitação de Nova Odessa orienta sobre projetos residenciais em implantação na cidade

Olho vivo!!!

Iniciativas são 100% particulares, não possuindo vínculos com a Prefeitura

 

A Diretoria de Habitação de Nova Odessa registrou nas últimas semanas um aumento no número de moradores em busca de informações sobre projetos habitacionais e atualizações cadastrais. Diante disso, a Prefeitura esclarece que os projetos em fase de implantação na cidade são estritamente particulares, não tendo vínculos com a Administração.

“Muitos moradores veem os anúncios de novos projetos que estão em implantação em Nova Odessa, alguns através do Minha Casa Minha Vida, e acreditam que se trata de algum projeto habitacional da Prefeitura, no entanto, estes empreendimentos são 100% particulares”, explicou a assessora da Diretoria de Habitação, Luana Priscilla.

Segundo ela, o último projeto habitacional desenvolvido pela Prefeitura – em parceria com governos estadual e federal – foi o Residencial das Árvores, que entregou 720 apartamentos de 53 metros quadrados em outubro do ano passado. “Este residencial já foi entregue e, por enquanto, não temos novos projetos em andamento na Diretoria de Habitação”, disse.

Luana afirmou que como o Residencial das Árvores também foi uma iniciativa realizada através do Minha Casa Minha Vida – do governo federal – alguns moradores acreditam que outros empreendimentos que estão sendo implantados seguem o mesmo sistema. Ela esclareceu, no entanto, que estes projetos habitacionais, sejam de casas ou apartamentos, são particulares e todo processo de aprovação de cadastro, financiamento, entre outros trâmites, é feito diretamente pela Caixa Econômica Federal.

“A Prefeitura, através da Diretoria de Habitação, acompanha, é claro, o andamento das obras, o cadastro de inscritos, mas é um empreendimento particular. Não temos nenhum acesso aos dados destes projetos. A aprovação de cadastros, informações sobre financiamento, valores de entrada e parcelas, taxas, entre outras informações não passam por nós”, disse.

A assessora orientou que moradores interessados nestes empreendimentos devem procurar diretamente os plantões de vendas ou se dirigir aos correspondentes da Caixa Econômica Federal para obter informações. “No correspondente, inclusive, é possível obter dados como valor de entrada, da parcela, se com a renda do morador permite financiamento. É lá que ele terá a resposta se seu cadastro foi ou não aprovado”, explicou.

Luana afirmou ainda que apenas após aprovação do cadastro pelo correspondente da Caixa é que o morador é encaminhado à Diretoria de Habitação. “Fazemos então um cadastro para acompanhamento da situação, mas é apenas para controle, já que todo trâmite é feito fora da Diretoria de Habitação”, concluiu.

 

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Leia também...