Dia Nacional do Perdão entra no calendário brasileiro

Lei 13.437/2017 sancionada pelo poder Executivo institui data em 30 de agosto.

O Dia Nacional do Perdão agora é data oficial do calendário brasileiro. Instituída anualmente em 30 de agosto, a data foi sancionada pelo poder Executivo por meio da Lei 13.437/2017. A deputada federal Keiko Ota(PSB/SP) é autora da lei. “Perdoar proporciona o sentimento de paz, que é o estado original do ser humano. É um dia de conscientização.”, explica.

A parlamentar explica que o caminho para a aprovação foi longo. Em 2013, foram realizadas audiências públicas para debater o assunto, sobretudo na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.  Foram ouvidos especialistas em psicologia, o Juizado Especial Cível, a Seicho-No-Ie do Brasil, a Federação Espírita Brasileira e Igreja Católica.

O projeto foi aprovado no Senado Federal em março de 2017. Militante da justiça e do fim da impunidade, Keiko perdoou os assassinos do seu filho, Ives Ota, sequestrado e morto na mesma data, em 1997. A Lei 13.437/2017 também propõe a fraternidade entre todas as religiões. “Todas as crenças possuem o perdão como base para uma vida plena”, afirma Ota.

Comentários

Notícias relacionadas