Denis Andia defende importância de Adegas para Santa Bárbara

Em vídeo, prefeito fala da parceria de longa data com o pré-candidato do Podemos e da importância de a cidade elegê-lo como representante

O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia (PV), manifestou apoio à pré-candidatura de Adegas Junior (Podemos) a deputado estadual, reforçando a necessidade de a cidade, que completa 200 anos de fundação em dezembro, eleger um representante para a Assembleia Legislativa. Denis lembrou a experiência de ter trabalhado com Adegas, ambos como secretários municipais na gestão de Zé Maria, para reforçar o alinhamento entre ambos e os benefícios que esta aliança traria a Santa Bárbara.

“Ele (Adegas) tem esse tempo todo nos ajudado muito, é alguém que está sempre muito próximo do nosso governo, do nosso trabalho, tem nos ajudado em tudo o que pode, ainda sem a função, então é alguém que se tiver a possibilidade certamente vai nos ajudar muito”, afirmou Denis, em vídeo que circula a partir de hoje nas redes sociais de Adegas.

A parceria entre Denis e Adegas começou em 2006, como secretários da gestão de Zé Maria – Denis como secretário de Desenvolvimento Econômico e Adegas como secretário de Meio Ambiente. Sob o comando da pasta, Adegas implementou obras emblemáticas para a cidade, como a remodelação do Parque dos Ipês e a idealização do Parque dos Jacarandás, cujas obras foram iniciadas à época e concluídas na gestão de Denis Andia, em 2016. “Adegas é um companheiro de longa caminhada, alguém que conhece muito Santa Bárbara d’Oeste. Além de capacidade, experiência, ele tem muita vocação e vontade de trabalhar pelos barbarenses”, defendeu Denis.

 

Representatividade

Com 200 anos de fundação, que serão completados em 4 de dezembro, Santa Bárbara d’Oeste não elege um representante para a Assembleia Legislativa do Estado há mais de 20 anos. A cidade tem 191.889 habitantes, segundo estimativa de 2017 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e 140.097 eleitores, segundo estatística do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A Assembleia Legislativa de São Paulo tem 94 cadeiras. Considerando o quociente eleitoral (número de votos válidos dividido pelo número de vagas na Casa legislativa) e o sistema com lista aberta, é possível que Santa Bárbara eleja pelo menos um deputado nesta eleições. “Nesse momento em que a cidade completa 200 anos, quem sabe não ganhamos o grande presente de ter um deputado da nossa cidade, que possa ajudar a nos representar”, diz Denis, referindo-se a Adegas.

Crédito: Divulgação

Comentários

Notícias relacionadas