De herói a vilão.

Por Dennis Moraes

O mundo está literalmente de ponta cabeça quando se trata em pessoas que não dão valor a própria raça.

Racismo, violência, traição, corrupção são alguns exemplos de barbaridades no nosso dia a dia. Recentemente tivemos o caso do bebê Gabriel que havia sido sequestrado por duas mulheres. Foi um caso bem cruel não é verdade?

E se eu te contar que o ser humano é capaz de coisas muito piores, como “forjar” um abandono. Isso aconteceu em Santa Bárbara d´Oeste, uma cidade muito calma, que recentemente está na mídia regional com muitas ocorrências policiais.

Como é que pode um pai de família de 30 anos, que ajudou no parto de seu 3º filho, cortando o cordão umbilical e tudo mais fazer tal atrocidade?

Pois é….

Tudo isso com aval da esposa de apenas 20 anos que disse em depoimento que a gravidez foi indesejada. Tudo bem, mas essa era a solução? Abandonar um filho? Tantas mulheres querendo engravidar, criar, educar, alimentar seu filho e não conseguem realizar esse sonho.

É difícil imaginar que um casal fez tudo isso de forma fria e calculista.

Não parece filme? Um homem caminhou mais de 2 horas até o hospital Afonso Ramos falando que tinha encontrado a criança em um terreno baldio próximo de sua residência. Deu entrevista, virou herói, saiu em jornais, sites, chegou a ganhar uma moção de aplauso…

Um exemplo de ser humano não acham?

Toda essa linda história foi desmascarada em menos de 24horas, e o que era um lindo roteiro de filme de hollywood, se tornou mais um dramalhão mexicano.

Perdeu a guarda de seu filho, não deu entrevista, perdeu sua moção de aplauso, porém continuou nos sites, jornais e rádios e tv´s do Brasil.

Será que dá para acreditar nas pessoas?

Todo mundo tenta acreditar, mas cada vez mais elas nos decepcionam, porém eu continuo acreditando no ser humano, mesmo sabendo que eu posso me arrepender…

Comentários

Notícias relacionadas