DAE realiza aceiros nas matas como prevenção de incêndios

A equipe de manutenção das matas ciliares do DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste iniciou, nesta semana, a construção de aceiros nos entornos e na parte interna das milhares de árvores que integram as matas protetoras dos mananciais barbarenses. A medida preventiva tem a finalidade de deter a propagação dos incêndios que possam ocorrer devido o ar quente e seco que predomina na região neste período, onde a umidade relativa do ar fica baixa.

Além dos tratos culturais, como adubação, remoção das ervas daninhas e plantios de novas mudas de árvores de variadas espécies nativas, que o DAE vem executando ao longo do tempo nas matas ciliares existentes entorno das três represas do município, a autarquia se preocupa também com focos de incêndios, que se tornam propícios nessa época do ano, onde a vegetação fica seca, facilitando o alastramento do fogo.

Os trabalhos se iniciaram pela represa São Luiz, onde cerca de quatro quilômetros de extensão de mata ciliar estão recebendo os aceiros. Outros pontos, como as represas Areia Branca e a de Cillo (Parque das Águas) também estarão recebendo esses cuidados, além do ponto de captação de água bruta, conhecido como Represinha. Os aceiros são feitos de forma manual e com a utilização de tratores agrícolas, e consiste na separação da vegetação a fim de coibir que o fogo tome grandes proporções, caso ocorra o incêndio.

 

 

Comunicação social

DAE/SBO

Comentários

Notícias relacionadas