DAE automatiza os serviços de contenção de resíduos na Represinha


O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste instalou nesta quarta-feira (5) duas talhas elétricas que irão atuar na limpeza das grades que protegem as bombas de sucção da água bruta da Estação Elevatória Santa Alice, conhecida como Represinha. Os novos equipamentos trazem melhores condições de trabalho aos operadores e têm a função de elevar automaticamente as duas grades, que têm cerca de 250 kg e 3,5 metros de altura cada, para a realização da manutenção, serviço que era executado manualmente pelos funcionários.

 

As grades atuam submersas na canaleta de captação e são responsáveis pela retenção de resíduos trazidos pela água bruta, como folhas, pedras, madeiras, algas e outros, que podem trazer danos ao sistema e prejudicar o abastecimento da cidade se forem sugados pelas bombas. Todos os dias os operadores fazem a limpeza das grades e as talhas elétricas irão facilitar essa operação. Cada equipamento tem a capacidade de elevação de até 600 kg e funciona com um motor e cabos de aço que são acionados através de um controle que ficará junto às grades.

 

A Represinha é o ponto de captação da água bruta que vem dos mananciais que abastecem o município, que são as represas Areia Branca, São Luiz e de Cillo. A partir desse ponto, a água é bombeada para o tratamento às ETAs (Estações de Tratamento de Água) II e IV, localizadas na Vila Aparecida e no Jardim Souza Queiroz, respectivamente, que atendem toda a demanda da cidade. Todo o sistema faz parte da Bacia do Ribeirão dos Toledos.

 

 

DAE/SBO

Comentários

Notícias relacionadas