Santa Bárbara d´Oeste 

DAE automatiza descarte de lodo da ETA IV


O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste concluiu recentemente a instalação do sistema de automação eletrônica de descarte do lodo da ETA IV – Estação de Tratamento de Água, localizada no Jardim Souza Queiroz. A tecnologia faz parte de uma série de melhorias que a autarquia vem realizando na estação desde 2013 com intuito de aprimorar os processos operacionais e, acima de tudo, garantir a qualidade e potabilidade da água tratada.

 

O lodo é proveniente da água bruta que chega à estação para o tratamento, e sua separação da água ocorre na etapa de decantação com a presença de produtos coagulantes nos cinco tanques decantadores existentes na ETA IV. Antes da implantação da automação, o procedimento de remoção do lodo desses tanques era realizado de forma manual nas quinze válvulas de descarte, sendo três para cada tanque, o que demandava tempo e exigia constantes manutenções preventivas.

 

“O descarte do lodo deve ser feito de maneira contínua”, afirmou o funcionário do DAE e chefe do setor de Tratamento de Água, Mauro Henrique Sardinha, que idealizou o projeto com o apoio do Departamento de Engenharia. “Por isso, as válvulas de operação manual foram substituídas por válvulas atuadas que funcionam no sistema pneumático e acionadas por comandos que são programados no painel eletrônico. O tratamento de água agora flui com melhorias na qualidade de operação e da água tratada, além de poupar recursos humanos e financeiros”, explicou.

 

Toda a estrutura do novo sistema, que entrou em funcionamento em janeiro deste ano, é constituída por tubos de PEAD (Polietileno de Alta Densidade) e foi instalada no ano passado por meio das obras de substituição de toda a tubulação antiga de ferro galvanizado e de PVC da ETA IV, que estavam em avançado estado de oxidação devido o tempo. O lodo recolhido é desidratado na própria estação e encaminhado para empresa específica que dará seu destino correto, e a água que sai junto com o material sólido retorna para o tratamento.

 

 

DAE/SBO

Comentários

Leia também...