Corinthians/Americana bate América-PE na reinauguração do Centro Cívico


O Corinthians/Americana começou a temporada com o pé direito. Na noite deste sábado (19), na reinauguração do Centro Cívico, em Americana, as meninas do Timão derrotaram o América-PE, por 81 a 78, em amistoso entre as equipes que decidiram a Liga de Basquete Feminina do ano passado.  A pivô Damiris foi a cestinha e terminou com um duplo-duplo (21 pontos e 11 rebotes).

 

O Corinthians/Americana agora volta as atenções para a disputa do Sul-Americano, no Chile. A delegação embarca na madrugada de segunda-feira para Santiago. A estreia está marcada para a noite de quarta-feira (23) contra a UTE, do Equador, às 19 horas. O Leones, do Chile, completa o grupo.

 

“Não esperava um começo tão bom. Me surpreendeu bastante este início tão forte e o rendimento foi mais do que eu imaginava. Por estarmos em começo de trabalho, o individual se sobressaiu e fico feliz com a entrega. Notamos a deficiência em alguns detalhes, especialmente, a falta de atenção no começo dos quartos. Podíamos ter matado o jogo no 3º período, mas cochilamos e recolocamos elas no jogo. Mas são coisas de início de trabalho, a vitória foi mais um degrau no nosso processo de evolução”, comentou o técnico Antônio Carlos Vendramini.

 

O JOGO – O Corinthians/Americana se aproveitou da boa presença de público e imprimiu um ritmo forte no ataque com as armadoras Joice e Babi. O jogo de transição abriu espaço para que Karla pudesse chutar de fora do garrafão. Em sua especialidade, a camisa 22 acertou duas bolas de três e o time americanense começou a abrir vantagem. O jogo de garrafão com Gil, Damiris e Ega forçou o adversário ao erro e Americana levou a primeira parcial: 23 a 16.

O América-PE cresceu no segundo quarto e foi diminuindo a diferença, obrigando o técnico Antônio Carlos Vendramini a pedir tempo. As entradas de Karina Jacob e Patrícia Chuca deram um novo gás ao Corinthians/Americana. Joice, uma das melhores no primeiro tempo, matou bola de três e obrigou o adversário a parar o jogo. O bom aproveitamento no ataque seguiu e as donas da casa foram para o vestiário em vantagem: 40 a 28.

O Corinthians/Americana voltou desligado do intervalo, errou mais do que de costume e chegou a ficar atrás no placar (43 a 42). A partir daí, a experiência de Karla fez a diferença. Em dois lances individuais, ela aumentou o moral do time e ajudou na recuperação. Primeiro, ela acertou bela bola de três, depois roubou a bola na jogada que terminou em cesta de Damiris, também de fora. Com a marcação mais encaixada, Joice completou a reação e obrigou o adversário a pedir tempo após cesta de três. Apesar do susto no começo do 3º quarto, as donas da casa seguiram na frente (58 a 53).

 

A proximidade no placar, deixou o último período emocionante. Ega e Damiris encontraram espaço no meio do garrafão e mantiveram o ataque ligado. Mais quem roubou a cena mais uma vez foi a armadora Joice. Com velocidade, ela conseguiu infiltrar quando necessário e marcou cestas em momentos importantes, segurando a reação adversária.  O placar seguiu apertado até o final, mas Babi e Damiris derrubaram bolas no final e garantiram a vitória.

 

“Esta vitória dá uma motivação extra para viajar e nos anima para buscar o título. Ainda temos que evoluir, pois será uma temporada longa e de jogos duros como tivemos hoje”, encerrou a armadora Joice, que terminou a partida com 20 pontos.

CORINTHIANS/AMERICANA
Babi (02 pontos), Joice (20 pontos), Karla (09 pontos), Damiris (21 pontos) e Gil (5 pontos). Técnico – Antônio Carlos Vendramini
Entraram: Meli Gretter (05 pontos), Patrícia Chuca (15 pontos), Ega (02 pontos), Izabela(-), Karina Jacob (04 pontos)

 

Comentários

Notícias relacionadas