Limeira 

Consultoria Técnica Especializada conclui relatório técnico da situação do aterro municipal de Limeira


Estudo sugere criação de cooperativas de reciclagem

 

A atual situação do aterro sanitário do município de Limeira foi tema de estudo elaborado pela Consultoria Técnica Especializada. A Solicitação partiu da Secretaria Legislativa.

 

Participaram deste estudo os consultores Amanda Marques de Oliveira (Políticas Públicas e Ciências Sociais), Fernando Mazzeo Grande (Arquitetura e Engenharia) e Denis Matias dos Santos (Diretor).

 

Os dados para este estudo foram coletados no site da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) e Secretaria Municipal de Obras e Serviços.

 

De acordo com os consultores, Limeira segue, a exemplo de outras cidades, a forma mais comum de disposição final de resíduos sólidos, o aterro, que é a solução mais econômica para a gestão destes materiais.

 

Quanto a localização do aterro, segundo o estudo, está em um perímetro de estratégia de requalificação ambiental, segue os critérios básicos, que são, entre outros, topografia, profundidade do lençol freático, distância das residências e distância de corpos d’ água.

 

De acordo com os consultores técnicos especializados, o relatório demonstrou que o município dispõe de infraestrutura adequada para a gestão de resíduos urbanos.

 

“É possível incrementar ações para a melhoria dos serviços, por exemplo, ampliação da coleta seletiva, programas de educação ambiental, leis específicas de logística reversa, apoio à criação de cooperativas de reciclagem, podem contribuir para o aumento da vida útil do aterro”, sugeriram os consultores.

 

O relatório completo, com as licenças, gráficos, planilhas, está disponível no site www.limeira.sp.leg.br

Comentários

Leia também...