dom. jan 19th, 2020

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Construção Civil da RMC registra em maio alta de empregos pelo segundo mês consecutivo

Saldo entre contratações e demissões nos 20 municípios foi de 119 postos aberto
A construção civil na Região Metropolitana de Campinas (RMC) registrou em maio geração de novos postos de trabalhos pelo segundo mês consecutivo. Nos 20 municípios que formam a RMC, o saldo entre admissão e demissão foi de 119 vagas abertas no setor no mês passado. Em dez cidades houve mais admissões que demissões e nove terminaram o período no vermelho. Os dados são Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, divulgados na segunda-feira. No período de janeiro a maio, a construção civil gerou 647 postos de trabalho na região.

 

Mais uma vez, o destaque da RMC foi Campinas, onde foram criadas 195 novas vagas de trabalho no mês passado. No acumulado do ano o número já chega a 509 postos abertos. Além de Campinas, Artur Nogueira, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Itatiba, Jaguariúna, Nova Odessa, Pedreira e Santa Bárbara D’Oeste encerraram o período com número maior de admissões que demissões.

 

Na outra ponta, Indaiatuba foi a cidade que mais fechou vagas no setor: houve encolhimento de 135 postos, com um acumulado negativo de 286 vagas nos cinco primeiros meses do ano. Também fecharam vagas em maio: Americana, Engenheiro Coelho, Monte Mor, Paulínia, Santo Antônio de Posse, Sumaré, Valinhos e Vinhedo. Morungaba não consta da lista do Caged.

 

Para o presidente da Associação das Empresas do Setor Imobiliário e da Habitação de Campinas e Região (Habicamp), Francisco de Oliveira Lima Filho, os dados do Caged mostram uma clara retomada do setor da construção civil na RMC, embora ainda de forma tímida. “Já são dois meses de recuperação de vagas e a tendência é que melhore ainda mais nos próximos meses”, explica.

“Nossa projeção é de um aumento substancial na geração de empregos no setor no segundo semestre”, afirma “Muitas construtoras se preparam para colocar no mercado novos produtos e iniciar as obras e isso vai exigir novas contratações”, completa.

 

 

Cidade MAIO Acumulado no ano
Americana – 24 -29
Artur nogueira 16 18
Campinas 195 509
Cosmópolis 4 3
Engenheiro Coelho – 1 5
Holambra 20 -89
Hortolândia 44 155
Indaiatuba – 135 -286
Itatiba 15 98
Jaguariuna 18 52
Monte Mor -27 27
Morungaba
Nova Odessa 75 119
Paulinia -44 214
Pedreira 60 157
Santa Bárbara 25 -15
Santo Antonio de Posse – 6 -59
Sumaré – 89 – 178
Valinhos -11 – 3
Vinhedo – 16 – 51

 

 

Comentários

Dennis Moraes